Vantagens da pandemia

Há quem diga, que pelo olhar dos viajantes, só há pontos negativos quando o assunto é pandemia, pois todos estão receosos para viajar e ficam “presos” em suas cidades. Será? A situação atual é tão ruim assim para os turistas de plantão? Veja 5 motivos para enxergar a pandemia com outros olhos e reencontrar o otimismo perdido desde março de 2020.

1 – Planejar e pesquisar

É o momento de se planejar e projetar o destino desejado com calma. Para ter uma viagem tranquila, é necessário se organizar antecipadamente, ou seja, até que a maior parte da população seja vacinada, todos terão tempo suficiente para planejar.

2 – Turismo local

A pandemia veio para abrir os olhos de muitas pessoas para as belezas que cercam suas cidades. Quantas vezes o viajante buscou fora do país algo que o turismo local já oferecia? É um momento em que o mercado nacional ganha força e é mais valorizado pelos brasileiros.

3 – Poupar

Não está sendo possível realizar longas viagens por conta da instabilidade que o ramo do Turismo se encontra. Muitos voos e acomodações têm sido cancelados. Período curto de viagem resulta em economia. Muitas pessoas estão aproveitando para poupar dinheiro e futuramente fazer aquele passeio dos sonhos.

4 – Promoções

Muitos descontos estão surgindo neste período. Mas, muita atenção para não cair em cancelamentos. Por isso, é importante buscar por pacotes para viajar no futuro, quando a vacinação tiver atingido um maior número de pessoas.

5 – Contato com a natureza

Nunca a natureza foi tão contemplada como atualmente. Como não é possível aglomerar e ficar em ambientes fechados, como medida de segurança contra o COVID-19, há aqueles que estão curtindo mais passeios ao ar livre e, consequentemente, apreciando o que há de mais simples e gratuito, como a natureza.

Planejando os próximos destinos

Como o momento é de planejamento, seguem algumas opções de destinos do mais barato ao mais caro.

Capitólio

Para os amantes da natureza, o município é uma ótima escolha e o melhor: É barato. Para Estados brasileiros próximos, é possível ir de carro. Mas, se a cidade fica muito afastada, pode-se pegar um voo até Belo Horizonte, alugar um carro e ir até lá. A distância é de aproximadamente 282 km. Clique aqui para saber mais informações sobre este passeio.

Campos do Jordão, Cunha e Paraty

Três destinos para quem tem um orçamento mais alto, porém, se forem bem planejados, podem sair mais em conta. Ambas cidades estão próximas e neste roteiro é possível contemplar tanto um clima frio quanto quente, pois nele tem serra e praia. Para cumprir um roteiro deste de forma calma e tranquila, seria interessante reservar uns 6 ou 7 dias. Clique aqui para ver o que te espera em Cunha.

Croácia, Bósnia e Hungria

Embora sejam países europeus, eles possuem um preço “ok” para serem visitados. Entretanto, são destinos que exigem maior investimento por terem euro como moeda. Um roteiro nessas regiões é de tirar o fôlego de tantos pontos turísticos espetaculares e históricos. Clique em cada país e veja matérias sobre eles: Croácia, Bósnia e Hungria.

Para mais informações acesse: https://vemproximodestino.com.br/

Foto capa: Martha Sachser

Assista também o vídeo na íntegra:

Caneca dos destinos

Clique aqui e veja mais

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no print
Imprimir

Sobre o autor

Verena Raymundo

Verena Raymundo

Jornalista de formação e viajante por paixão. Para você que gosta de conhecer novas culturas e lugares diferentes, essa é a coluna certa. Vou compartilhar dicas de destinos que possam agregar diversão e conhecimento. Vamos embarcar nesta viagem? Vem comigo!

Mais notícias

Últimas notícias

Últimas notícias

Últimas notícias

Últimas notícias

Proibida a reprodução total ou parcial. Para licenciar este conteúdo e reproduzi-lo entre em contato com nossa equipe comercial.