Sítio em Arco-Íris recebe multa de R$12.740, além da vistoria no local, Polícia Militar Ambiental utilizou imagens de satélite do Google Earth

imagem ilustrativa: Arco-Íris / Google Earth

Na segunda-feira (18) durante Operação “Dia da Árvore”, em continuidade a vistoria iniciada no dia 16, e em atendimento ao Relatório de Informações Técnicas – que versa sobre possível pastoreio de bovinos em remanescente vegetação natural, detectada mediante comparações de imagens de satélite do Software Google Earth com datas de 17/08/2013 e 09/08/2023, a Polícia Militar Ambiental efetuou nova vistoria em um sítio localizado no bairro Progresso, município de Arco-Íris, com área total de 29,0Ha e atividade principal pecuária bovina.

Conforme o boletim de ocorrência, foram fiscalizadas as áreas de coberturas vegetais nativas, sendo verificado que realmente está ocorrendo o pastoreio dos animais no interior das áreas de preservação permanente de curso d’água, afetando uma área correspondente a 0,60ha e no interior dos fragmentos de vegetação nativas situados em área comum, considerados objeto de especial preservação a área afetada totalizou 0,68ha.

Os Policiais lavraram 02 AIA com base nos artigos 43 e 49 da Resolução SIMA n° 05/2021, totalizando multa de R$12.740 e embargo das áreas objetos de autuação.

Participaram da ação o Cabo Padovesi e o Cabo Martiniano, da Polícia Militar Ambiental.

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Email
Imprimir

Sobre o autor

Equipe Tupãense Notícias

Equipe Tupãense Notícias

O portal Tupãense reúne os melhores produtores de conteúdo da região para fornecer a você notícias de alta qualidade.

Últimas notícias

Últimas notícias

Últimas notícias

Últimas notícias

Proibida a reprodução total ou parcial.

Para licenciar este conteúdo e reproduzi-lo
entre em contato com nossa equipe comercial.