Atividade Física: como escolher a modalidade a ser praticada?

Neste papo de personal, vamos tratar de como dar o primeiro passo em direção a uma vida mais saudável, discutindo o que podemos fazer para escolher a modalidade esportiva ou atividade física que vamos trazer para o nosso dia a dia.

Muito se fala hoje em dia que, devemos nos preocupar com a nossa saúde e que uma das melhores formas de nos cuidarmos é praticando atividades físicas. Perfeito! Verdade absoluta! Mas, e para aquela pessoa que nunca teve um histórico de prática de exercícios muito satisfatório durante os anos que se passaram? Ou aquele indivíduo que até praticou alguma atividade mas nunca deu continuidade por muito tempo, “pulando de galho em galho” para encontrar algo que se adaptasse melhor? O que estas pessoas devem fazer para escolher a modalidade que vão praticar? Como vão fazer para inserir o hábito dos exercícios em sua rotina de uma vez por todas? Se você é uma dessas pessoas ou conhece alguém nessa situação, vamos tentar facilitar o processo rumo a uma vida mais saudável e mais ativa.

A atividade física traz inúmeros benefícios para a saúde, tais como: melhora da força, tônus muscular, flexibilidade, perda de peso, controle da pressão arterial e demais variáveis fisiológicas, diminui os níveis de estresse, reduz a ansiedade, melhora a auto-estima, melhora o convívio social, dentre outros diversos benefícios, sempre em busca da melhora da QUALIDADE DE VIDA, esta que, está diretamente ligada à prática de atividades físicas.
Rotina, preguiça e desmotivação são alguns fatores que podem ser considerados culpados para a não adesão à prática de atividades físicas, mas, será que a culpa é sua ou da atividade escolhida? Será que sua escolha foi a correta? Você está fazendo algo que realmente gosta e te dá prazer? Isso vai fazer toda a diferença para determinar o prosseguimento da sua prática.

Alguns critérios devem ser considerados para fazer a escolha da atividade certa, e, o primeiro deles é o objetivo que está te levando a busca pela prática. Você deve priorizar o objetivo principal para aquele momento que você está vivendo, por exemplo: você precisa emagrecer? Você precisa melhorar o seu condicionamento físico? Sabendo bem qual o real motivo, isto poderá aumentar as chances de sucesso. Outro critério é descobrir ou ter a consciência do que você gosta de fazer, pois, se fizer algo que não esteja te agradando aquela prática não vai durar por muito tempo. Dê preferência para atividades que te motivem mais, teste várias modalidades e conheça a sua personalidade. Você é tímido ou extrovertido? Gosta de ambientes fechados ou prefere atividades ao ar livre? Em qual o nível de exposição você fica confortável? Prefere uma atividade onde você esteja um pouco mais reservado ou gosta de aulas e treinos coletivos?

Outra coisa a ser considerada é o nosso relógio biológico, o qual ditará se iremos render mais nos treinos diurnos ou noturnos, é necessário testar. A proximidade do local onde você irá praticar seus exercícios também conta muito, pois aumentam as chances se ele for próximo da sua casa ou no caminho do trabalho ou de algum outro compromisso recorrente durante a sua semana. O mesmo vale para o profissional que irá te atender: se você já conhece, se sente à vontade e sabe dos possíveis resultados que pode atingir sob a supervisão dele, vale a pena se deslocar sim!
Por fim, devemos principalmente conhecer os nossos limites, e, para isto, o profissional de educação física tem papel fundamental para orientar e prescrever as melhores e devidas atividades para cada pessoa, com os critérios necessários e a segurança devida.
Qualquer dúvida maior entrar em contato comigo no número 11964160167.

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no print
Imprimir

Sobre o autor

Amaury Baião

Amaury Baião

Amaury é professor de educação física formado em licenciatura plena pelas Faculdades ESEFAP. É técnico em musculação pela FEPAM, técnico em treinamento funcional pelo Instituto Mauro Guiselini e desde 2007 é personal trainer. É também coach de corrida para iniciantes e atletas. Se você curte atividades físicas, treinamento, musculação e dicas de alimentação, quer ficar informado sobre as corridas da região e adora um desafio, acompanhe a coluna Papo de Personal onde compartilharemos tudo sobre o mundo fitness. Bora movimentar-se!

Mais notícias

Últimas notícias

Últimas notícias

Últimas notícias

Últimas notícias

Proibida a reprodução total ou parcial.Para licenciar este conteúdo e reproduzi-lo entre em contato com nossa equipe comercial.