Prefeitura dá ênfase aos trabalhos do Conselho de Políticas Culturais

CMPCT garante a participação da sociedade para traçar objetivos para a classe artística de Tupã

O Conselho Municipal de Políticas Culturais de Tupã (CMPCT), que conta com a participação do poder público e da sociedade civil, desemprenha um trabalho propositivo, orientador, consultivo, deliberativo e fiscalizador sobre a elaboração e execução da política cultural do município.

Para fomentar a cultura regional o Conselho tem por objetivo promover a participação democrática dos vários segmentos da sociedade que integram as ações culturais do município de Tupã, visando garantir que todos tenham pleno exercício dos direitos culturais e acesso às fontes da cultura nacional.

O Conselho é formado por 22 membros titulares e 22 membros suplentes, sendo 11 indicados pelo chefe do Executivo, e 11 indicados pelas vertentes culturais representadas (teatro, audiovisual, fotografia, artesãos, música, dança, museus – Ciência e Tecnologia, literatura, entidades étnicas e produtores culturais).

Segundo informações, em Tupã o Conselho de Políticas Culturais é organizado internamente pelas seguintes instâncias: Plenária; Diretoria Executiva e Conferência de Cultura.

A Plenária é o foro das decisões e deliberações, e das votações de matérias pertinentes à área de atuação, competências e finalidades do CMPCT. A Diretoria Executiva é o foro dos atos, ações e providências administrativas necessárias ao funcionamento do CMPCT, e da execução das decisões e deliberações da sua Plenária.

Já a Conferência de Cultura é representada por espaços democráticos de debates coletivos para discussão de propostas de organização municipal. A reunião de diversos segmentos possibilita o estabelecimento de metas e prioridades e o intercâmbio de experiências entre o poder público e os cidadãos.

O secretário municipal de Cultura, Duda Gimenez, disse que o Conselho é de extrema importância, pois integra a classe cultural de Tupã e dá voz para que todos possam expressar suas ideias quanto ao futuro dos eventos e ações culturais.

“Para manter as atividades, o Conselho se reúne ordinariamente uma vez por mês, e extraordinariamente sempre que convocado. Lembrando que esta reunião é aberta ao público, e todos que tenham interesse em saber sobre as decisões culturais do município podem participar. Também, dentre as várias atribuições do Conselho, uma das principais é fazer e aprovar os editais municipais de cultura, além do gerenciamento do fundo municipal de cultura”, contou.

O presidente do Conselho, Fábio Dias, lembrou que desde a implementação do CMPCT, a classe artística do município garantiu inúmeras conquistas, e com uma boa gestão e participação de todos poderão alcançar ainda mais êxito.

“Com um Conselho atuante e a participação ativa de todos os representantes culturais de Tupã, alcançaremos o tão sonhado futuro cultural que todos os artistas almejam. Diante disso, afirmo em nome de todo o Conselho que buscaremos juntos auxiliar e orientar todos de forma igual e eficiente”, garantiu.

Para o prefeito Caio Aoqui, todo o trabalho desempenhado pelo Conselho é fundamental, pois une a classe artística, visando dar oportunidade para todos e de forma que se encaixe em cada vertente cultural.

“O Conselho é responsável pela elaboração de estratégias para atender todos os munícipes envolvidos com a arte. Também, com o auxílio do Conselho, são criadas inúmeras iniciativas em Tupã, que dão ainda mais ênfase para o trabalho dos artistas e produtores culturais, principalmente durante a pandemia, onde o setor cultural foi de longe o mais afetado”, enfatizou.

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no print
Imprimir

Sobre o autor

Equipe Tupãense Notícias

Equipe Tupãense Notícias

O portal Tupãense reúne os melhores produtores de conteúdo da região para fornecer a você notícias de alta qualidade.

Mais notícias

Últimas notícias

Últimas notícias

Últimas notícias

Últimas notícias

Proibida a reprodução total ou parcial. Para licenciar este conteúdo e reproduzi-lo entre em contato com nossa equipe comercial.