Prefeitura apresenta novos projetos para o Programa Moradia Econômica

Novas propostas foram elaboradas pela Secretaria de Planejamento e já acompanham as determinação do Plano Diretor

A Secretaria Municipal de Planejamento, Obras e Trânsito e a Associação dos Engenheiros, Arquitetos e Agrônomos de Tupã e Região (AEAATR), desenvolveram quatro novos projetos de plantas residenciais para o Programa Moradia Econômica da Prefeitura.

O Programa, que é previsto pela Lei Municipal Nº 3.248/91, visa fornecer planta popular para pessoas com renda familiar baixa e já conta com 2 projetos, que serão substituídos pelos novos.

Segundo informações da Secretaria responsável, em videoconferência com o presidente, diretores e mais de 50 associados da AEAATR, foram apresentados os novos modelos dos projetos arquitetônicos para utilização no Programa.

“Foram desenvolvidos mais quatro novos projetos que visam melhorar a qualidade de vida e atender os princípios urbanísticos e ambientais estabelecidos pelo atual Plano Diretor da nossa cidade”, contou o secretário municipal de Planejamento, Obras e Trânsito, Valentim César Bigeschi.

O titular da Pasta ainda ressaltou que dentre as alterações e detalhes inseridos nas novas propostas destacam-se a área útil mais ampla, recuos frontais mais generosos, previsão de plantio de arborização adequado, calçada acessível, orientação sobre posicionamento de entrada, água, energia, lixeira, entre outros, incluindo proposta de layout interno com disposição básica de mobiliário.

“As propostas desenvolvidas tem áreas de aproximadamente 60m², além de possuírem possibilidade de ampliação de abrigo para até dois carros, terceiro dormitório com sanitário e o aumento da área de serviço.”, explicou.

O prefeito Caio Aoqui ainda ressaltou a importância dos novos projetos e disse que assim que deliberada a aprovação pela AEAATR, a Secretaria responsável adotará as novas propostas a partir do segundo semestre deste ano.

“Este Programa já beneficia inúmeras famílias que não possuem condições de contratarem serviços para elaborar a planta residencial. Agora, com a atualização e a criação de novos projetos, é possível atender ainda mais munícipes, visto que as novas propostas se adequam melhor a nossa atual realidade”, disse o chefe do Executivo.

O vice-prefeito Renan Pontelli ainda enfatizou o convênio com a AEAATR que auxilia na regulamentação dos projetos elaborados com orientações técnicas exigidas pela Lei Municipal.

“Dois pontos merecem destaque neste programa, o primeiro é que os novos projetos serão iniciados já respeitando as determinações do atual Plano Diretor do nosso município, como orientações sobre calçadas e plantio correto de árvores defronte as residências. O segundo é que existirá orientação técnica básica para obra. Nenhuma construção poderá ser iniciada sem supervisão técnica e a aprovação municipal”, completou.

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no print
Imprimir

Sobre o autor

Equipe Tupãense Notícias

Equipe Tupãense Notícias

O portal Tupãense reúne os melhores produtores de conteúdo da região para fornecer a você notícias de alta qualidade.

Mais notícias

Últimas notícias

Últimas notícias

Últimas notícias

Últimas notícias

Proibida a reprodução total ou parcial. Para licenciar este conteúdo e reproduzi-lo entre em contato com nossa equipe comercial.