Prefeitura inicia Censitário Canino 2021 para detectar casos de leishmaniose

Equipes do CCZ percorrerão as zonas com maior população canina realizando testes rápidos

A Secretaria Municipal de Saúde, por meio do Departamento de Vigilância em Saúde e do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ), iniciou nesta última segunda-feira (21) a edição 2021 do Censitário Canino, programa que visa evitar a propagação da leishmaniose no município. Este ano, para agilizar os trabalhos, as equipes farão durante as visitas testes rápidos nos animais para terem a confirmação ou não da presença da doença no animal.

De acordo com informações da Secretaria, estimasse que as equipes do CCZ coletem material biológico de cerca de 2.400 animais durante a realização do Censitário. Ainda segundo a Pasta, as visitas serão realizadas em dois setores da cidade, zonas Sul e Leste, locais que apresentam maior população canina.

“Através do Censitário teremos um visão ampla sobre a situação da leishmaniose no município. Todos os dados coletados serão muito importantes, pois vão ajudar a definir as ações necessárias para evitar a disseminação da doença nos pontos em que as equipes detectarem casos positivos”, contou o responsável pelo CCZ, Robison Luiz.

Ele também explicou como serão realizadas as visitas nestas regiões pré-determinadas pela Secretaria, e disse que a colaboração da população ajudará muito as equipes a cumprirem as ações.

“Com a pandemia não conseguimos realizar o Censitário do ano passado, mas para este ano elaboramos algumas estratégias para preservar a saúde dos nossos colaboradores e da população, e dar continuidade nos trabalhos. Em reunião, definimos que os agentes não adentrarão nas residências e todo o procedimento será realizado na parte externa. Também é importante ressaltarmos que as casas que tiverem com algum morador que testou positivo pra Covid-19, serão visitadas posteriormente, evitando assim um possível contágio”, explicou.

O secretário municipal de Saúde, dr. Miguel Ângelo de Marchi, ainda ressaltou que, além das coletas de sangue dos animais, os agentes também farão orientações para os moradores sobre o ambiente em que o animal vive, para que o local não se torne um possível abrigo para o “mosquito-palha”, transmissor da leishmaniose.

“Após a coleta da amostra de sangue do animal, as equipes do CCZ já terão em mãos o resultado positivo ou negativo. Para os resultados positivos existem duas situações, uma em quem o resultado se mostra positivo para os animais que já foram vacinados contra a doença, mas que não estão contaminados de fato, e outra para os animais que estão realmente positivos”, apontou.

A enfermeira e diretora do Departamento de Vigilância em Saúde, Joselaine Pio Rocha, ainda enfatizou que os resultados positivos serão encaminhados imediatamente para o Instituto Adolfo Lutz em Marília. “É importante alertar os tutores dos animais para que não tenham medo caso o exame seja positivo, pois a leishmaniose não é transmissível dos animais para as pessoas, a transmissão do parasita ocorre apenas através da picada do ‘mosquito palha’ fêmea”, informou.

O prefeito Caio Aoqui ressaltou a importância da realização do Censitário na cidade para evitar que apareçam casos da doença. “Vale lembrar que o governo do estado tornou não obrigatório a realização do Censitário aqui em nossa cidade, mas pensando na saúde da população e dos animais domésticos e de rua organizamos toda a equipe do CCZ para fazer as visitas casa a casa”, contou.

O vice-prefeito Renan Pontelli ainda ressaltou que as equipes não adentrarão a residência dos moradores, e qualquer dúvida a população deve procurar a Secretaria Municipal de Saúde.

“Todos os servidores da Prefeitura estarão uniformizados e identificados com crachás. Do contrário, pedimos para que as pessoas liguem para a Secretaria pelo telefone 3404-2200 e verifiquem a identificação da pessoa. Assim, podemos evitar transtornos”, alertou.

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Email
Imprimir

Sobre o autor

Equipe Tupãense Notícias

Equipe Tupãense Notícias

O portal Tupãense reúne os melhores produtores de conteúdo da região para fornecer a você notícias de alta qualidade.

Mais notícias

Últimas notícias

Últimas notícias

Últimas notícias

Últimas notícias

Proibida a reprodução total ou parcial.

Para licenciar este conteúdo e reproduzi-lo
entre em contato com nossa equipe comercial.