TAMPINHAS DO AMOR

A 34ª Subseção da OAB DE TUPÃ, na presidência do Dr. Antonio Roberto Mendes em parceria com a Associação de Voluntários Contra Câncer (AVCC) de Barretos, tem encaminhado milhares de tampinhas plásticas ao Hospital do Amor, resultado das doações da comunidade de Tupã.

A OAB de Tupã, envia todo este material, a Associação de Voluntários Contra Câncer (AVCC) de Barretos, em apoio ao Hospital do Amor.

Por sua vez, a AVCC vende estes materiais para empresas de reciclagem e com o valor arrecadado são comprados itens necessários para o Hospital de Amor e seus pacientes.

É uma ação socioambiental de caráter educacional, que tem como objetivo incentivar a coleta de tampas de plástico que podem auxiliar, e muito, uma causa social, além de contribuir com o meio ambiente.

O Projeto Tampinhas de Amor foi criado para que todos os interessados em ajudar os Hospitais de Amor possam contribuir.

Sabe aquela tampinha de plástico rígido que normalmente todos jogam fora? Ela vale muito!

Após doadas, as tampinhas são vendidas e toda a renda obtida é revertida ao Hospital de Amor. Por isso quanto mais tampinhas você juntar e doar melhor!

Quem quiser aderir ao Projeto, poderão ser doadas tampinhas de plástico duro como de garrafas de água, refrigerantes, leite, potes de plástico, achocolatado, nutella, maionese, creme dental, shampoo, condicionador, água sanitária, amaciante, remédios, vários produtos de limpeza e higiene. As tampinhas serão destinadas à entidade e posteriormente vendidas para reciclagem.

A CASA DO ADVOGADO, NA RUA MÉXICO 444 é o ponto de coleta na cidade de Tupã, as tampinhas podem ser doadas de segunda a sexta-feira, das 9 às 17 horas

O hospital de Barretos vende para empresas de reciclagem vários tipos de servíveis, tampinhas de plástico, lacres de latinhas e blisters de remédios. A Associação Voluntária de Combate ao Câncer (AVCC) de Barretos é a responsável por receber as doações em prol do Hospital de Amor.

Na realidade, essas doações não são trocadas especificamente por cadeiras de rodas. A logística é a seguinte: depois de receber a doação, a AVCC realiza a venda desse material para empresas de reciclagem e, com o dinheiro, compra os itens que forem necessários para os pacientes da instituição (que podem ser medicamentos, alimentos, materiais para construção ou mesmo uma cadeira de rodas – mas não há uma troca específica por esse tipo de produto).

Conheça o projeto acessando o link:

facebook.com/Tampinhas-de-amor

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no print
Imprimir

Sobre o autor

Carlos Henrique Luques Ruiz

Carlos Henrique Luques Ruiz

Dr. Carlos Henrique Luques Ruiz - Advogado atuante desde 1999; Pós Graduado em Direito Tributário; Contador; Pós Graduado em Perícias Contábeis e MBA em Gestão Pública com ênfase em Cidades Inteligentes.

Mais notícias

Últimas notícias

Últimas notícias

Últimas notícias

Últimas notícias

Proibida a reprodução total ou parcial. Para licenciar este conteúdo e reproduzi-lo entre em contato com nossa equipe comercial.