Plano SP: Bebida alcoólica poderá ser vendida até às 20h em restaurantes e conveniências

Bares passam a operar até as 20h e shoppings poderão funcionar pelo período de 12 horas. Restaurantes poderão funcionar até 22h, mas só servir bebida alcoólica até 20h. Governo também anunciou nesta sexta (11) ampliação do número de leitos para pacientes com Covid-19.

O governo de São Paulo determinou nesta sexta-feira (11) a redução do horário de funcionamento de bares em todo o estado. Também foi anunciada a ampliação do horário de operação dos shoppings. As medidas foram tomadas para tentar evitar aglomerações e conter o avanço de casos de coronavírus. 

Bares, que antes podiam funcionar até as 22h, deverão fechar às 20h. Já os restaurantes poderão continuar abertos até 22h, mas deverão parar de servir bebidas alcoólicas às 20h. 

As novas regras foram divulgadas em coletiva de imprensa no início da tarde pelo secretário de Saúde, Jean Gorinchteyn. As medidas passam a valer a partir deste sábado (12) e valerão por 30 dias. 

O governo disse ainda que irá abrir 2 mil novos leitos para pacientes diagnosticados com a doença. 

Apesar das medidas, o governo não alterou a classificação de nenhuma região no plano de flexibilização econômica. Desde o dia 30 de novembro, o estado está na fase amarela da proposta.

Novas regras

  • Bares passam a operar até as 20h e não mais até 22h
  • Restaurantes podem funcionar até 22h, mas devem parar de servir bebidas alcoólicas às 20h
  • Shoppings, que na fase amarela só poderiam funcionar pelo período de 10h, terão autorização para operar durante 12h para evitar aglomerações por conta das compras de Natal

“Nós vimos que era muito importante realizar um ajuste na fase amarela para expansão do funcionamento do comércio de 10 para 12 horas, mantendo a capacidade de 40%. Foi uma decisão técnica entre saúde e comércio para que possamos atender a necessidade de maior espaçamento entre as pessoas, evitar aglomerações, para que todos possam ter suas necessidades agora do fim do ano atendidas, mas com responsabilidade, com segurança. Então o que está permitido é a manutenção do horário de funcionamento até às 22h, mas com o limite de até 12 horas de funcionamento e 40% de ocupação”, disse a secretária de Desenvolvimento Econômico, Patrícia Ellen. 

A mudança ocorre 24 horas após o governo paulista reforçar o alerta com relação à velocidade de contaminação da doença no Brasil nas últimas semanas. Diversas cidades do estado registram taxa de ocupação dos leitos de UTI superior a 80%. 

Nesta quinta (11), o coordenador do centro de contingencia da Covid-19, José Medina, disse que o contágio por Covid-19 está maior em dezembro do que no primeiro pico da pandemia, em julho. 

Na semana passada, Medina recomendou à população que evitem festas de finais de ano que reúnam mais de dez pessoas.

Fonte: G1.

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no print
Imprimir

Sobre o autor

Equipe Tupãense Notícias

Equipe Tupãense Notícias

O portal Tupãense reúne os melhores produtores de conteúdo da região para fornecer a você notícias de alta qualidade.

Mais notícias

Últimas notícias

Últimas notícias

Últimas notícias

Últimas notícias

Proibida a reprodução total ou parcial. Para licenciar este conteúdo e reproduzi-lo entre em contato com nossa equipe comercial.