Quantidade de drogas apreendidas na região de Bauru é recorde dos últimos 20 anos

Foto: SSP/Divulgação

Segundo dados da Secretaria de Segurança Pública, foram recolhidas 30,2 toneladas de janeiro a agosto, quase três vezes mais que em período igual de 2019, com 11,5 toneladas

A apreensão de drogas na região de Bauru (SP) passou das 30 toneladas no período de janeiro a agosto deste ano, segundo levantamento realizado pela Secretaria de Segurança Pública (SSP).

A quantidade apreendida em oito meses de 2020 (30,2 toneladas) é 162,6% maior que a recolhida no mesmo período de 2019 (11,5 toneladas), e representa o maior total contabilizado ao longo da série histórica do período, iniciada em 2001.

O levantamento aponta que, no mesmo período, ainda foram realizadas 6,1 mil prisões na região e registrados 1,6 mil flagrantes por tráfico de drogas. Além disso, 373 armas de fogo ilegais foram apreendidas.

Segundo a secretaria, os números foram obtidos a partir da combinação do trabalho investigativo da Polícia Civil e do policiamento ostensivo da Polícia Militar.

O volume recorde de drogas apreendido foi obtido tanto em operações que resultam grande quantidade de entorpecente, como em apreensões menores.

Foto: Polícia Rodoviária/Divulgação

No estado

No Estado de São Paulo inteiro, o aumento na quantidade de drogas apreendidas nos primeiros oito meses do ano foi ainda maior. Comparado a 2019, o crescimento foi de 62,2%, passando de 119,4 toneladas para 193,7 toneladas.

No período, também foram realizadas 99,3 mil prisões e apreendidas 7,7 mil armas de fogo ilegais, além de serem registrados 28,6 mil flagrantes por tráfico de entorpecentes.

Fonte: G1

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no print
Imprimir

Sobre o autor

Equipe Tupãense Notícias

Equipe Tupãense Notícias

O portal Tupãense reúne os melhores produtores de conteúdo da região para fornecer a você notícias de alta qualidade.

Mais notícias

Últimas notícias

Últimas notícias

Últimas notícias

Últimas notícias

Proibida a reprodução total ou parcial. Para licenciar este conteúdo e reproduzi-lo entre em contato com nossa equipe comercial.