Cursos de Jornalismo e Publicidade intensificam palestras virtuais durante a pandemia

O Interfaces é um projeto interdisciplinar dos cursos de Jornalismo e Publicidade e Propaganda, das Faculdades FACCAT, que tem como objetivo promover novas perspectivas, reflexões e discussões sobre o profissional de comunicação no mercado.

Os encontros são organizados pelos professores para aproximar os alunos dos desafios da profissão e ampliar a visão sobre as possíveis áreas de atuação do jornalismo e da publicidade.

Anteriormente, os bate-papos eram realizados em sala de aula, mas devido à pandemia, o Interfaces tem ocorrido por meio de vídeo conferência, dando a possibilidade de profissionais de outros estados participarem do projeto.

“Assim que nossas aulas passaram a ser remotas, enxergamos a possibilidade de utilizar as novas tecnologias para ampliar as ações do Interfaces. Isso facilitou demais a oportunidade de termos profissionais de diversas regiões do Brasil compartilhando conhecimento e experiências com os nossos alunos”, explicou o coordenador dos cursos de Comunicação, professor mestre Tiago Pettenuci.

No dia 2 de setembro, alunos do 6º semestre de Jornalismo participaram do bate-papo digital com o engenheiro eletricista, Adriano Gouveia, gerente de recurso eólico e solar na Neonergia, empresa com presença em 18 estados brasileiros, nos quais atua por meio de geração​, transmissão, distribuição e comercialização de energia elétrica.

Com mais de 10 anos de experiências no setor de energia renovável, Gouveia, que é mestre em Energia Eólica e coautor do livro Energia Eólica Princípios e Operação, conversou com os alunos diretamente do Rio de Janeiro. Ele fez uma apresentação demonstrando os avanços da energia eólica no Brasil e no mundo. Além disso, demonstrou aos alunos a importância dos profissionais da comunicação neste setor. “Nosso convidado trouxe referências de jornalistas que atuam tanto na assessoria de comunicação quanto na cobertura especializada em meio ambiente e energia renovável”, disse Pettenuci.

O aluno do 6º semestre de jornalismo, Lucas Dionísio, que também cursa engenharia de computação, destacou qual a experiência desse bate-papo descontraído e cheio de conhecimento. “Como estudante de engenharia de computação, durante este bate-papo, aprendi várias coisas a respeito destas fontes de energia, especialmente sobre a importância delas para o abastecimento e desenvolvimento sustentável. Já como estudante de jornalismo descobri novos horizontes para atuação profissional de forma especializada, sendo um intermediador entre a empresa e o público, facilitando o entendimento das informações que normalmente são tratadas de forma técnica. Foi uma experiencia que agregou conhecimento e ampliou nossos horizontes de atuação jornalística”.

Opinião Pública

No dia 2 de junho, alunos de Publicidade e Jornalismo participaram do Interfaces com Elga Lopes, secretária de Transparência do Senado Federal e responsável pelo Instituto de Pesquisa de Opinião DataSenado. A convidada atua na área de opinião pública e planejamento eleitoral desde 1992. É formada em Jornalismo e Direito. Cursou especialização em Inteligência Competitiva e Marketing pela Associação Francesa de Marketing.

Durante o bate-papo, Elga Lopes abordou a importância de dados públicos e pesquisa pública. A convidada apresentou conceitos sobre opinião pública e explicou a necessidade de planejamento em campanhas políticas.

Segundo a aluna Ana Santoni, do 6º semestre de Jornalismo, o bate-papo trouxe um olhar mais amplo para as relações entre a política e o jornalismo.  “Nunca imaginei a atuação do jornalismo em pesquisa de opinião. Muitos pensam que a faculdade de jornalismo se resume ao rádio, televisão, sites e impresso. Mas, tem muito mais áreas de atuação do que imaginávamos. Este bate-papo abriu meus olhos em relação a outros caminhos que posso seguir e a importância da pesquisa de opinião para elaborar campanhas de marketing político mais incisivas. Com certeza, é uma área pela qual me interessei e vou continuar buscando mais informações”, destacou.

Territórios Culturais

Susy M. Truzzi, secretária de Cultura em Garça, e o ator, Jackson Costa, abordaram a situação dos territórios culturais em tempos de pandemia, como a cultura vem sobrevivendo e usando a criatividade para apresentar sua arte e manter seus artistas. O encontro, organizado pela professora Kátia Magali, ocorreu no dia 16 de junho.

A aluna do 8º semestre de Jornalismo, Janaina Alves, disse que elogiou o bate-papo digital. “Foi muito bacana a conversar com eles, porque a cultura é um dos setores mais importantes da sociedade. Tudo mundo consume cultura, mas ela precisa ser mais valorizada. Foi muito legal ver como eles estão se reinventando na pandemia”.

A professora Kátia Magali comentou sobre a experiência de contribuir com o projeto. “No momento de pandemia, quando as aulas presenciais estavam suspensas, nós precisávamos proporcionar as melhores condições de diálogo com conhecimento. Desta forma, fomos estruturando possibilidades e uma delas foi proporcionar este encontro com outros territórios. Conseguimos esses diálogos com pessoas de Garça, Presidente Prudente, São Paulo, Salvador, Rio de Janeiro e Brasília para que alunos e alunas conhecessem outros campos de conhecimento e de lugares em tempo-espaço”.

Odontologia e Comunicação

Já no dia 20 de agosto, a Dra. Giuliana Lopes, dentista e endodontista, trouxe sua experiência em consultoria de novos negócios em saúde para os alunos do 6° semestre de jornalismo. A convidada explicou como os profissionais da comunicação podem atuar no mercado odontológico com assessoria de comunicação e marketing.

A aluna Laura Pinheiro destacou que a participação da Dra. Giuliana Lopes no projeto Interfaces foi muito produtiva. “Foi uma oportunidade que abriu nossa mente a respeito das áreas de atuação da comunicação. Além da rotina de produção do jornalista em jornais, revistas, sites, telejornais e rádios, temos também outras áreas de atuação que envolvem a assessoria e marketing para empresas do setor odontológico. Na minha opinião, o projeto Interfaces só vem a agregar positivamente na carreira dos alunos, pois a faculdade traz profissionais renomados, o que torna o conteúdo muito produtivo para nós discentes”.

Evolução da Publicidade

Os alunos de Publicidade e Propaganda também participaram de encontro virtuais específicos do projeto Interfaces. No dia 21 de maio, a publicitária Fabíola Silva D´Abruzzo, graduada em Publicidade e Propaganda e pós-graduada em Economia, trouxe um novo olhar sobre a profissão.

Fabíola tem experiência na área de marketing, como Mídia em agência de publicidade. Na área comercial, atua com o foco em vendas, pós-venda, atendimento a clientes, administração de vendas e gestão de pessoas. De São José do Rio Preto, a convidada exerce a função de atendimento aos franqueados na agência Lis Bitencourt, house da Chiquinho Sorvetes.

Durante o bate-papo digital, Fabíola destacou as transformações do mercado publicitário e a necessidade da formação e atualização profissional para acompanhar a evolução tecnológica nos meios de comunicação, bem como a mudança do perfil do consumidor.    

Marcelo Godoi, aluno de Publicidade e Propaganda, elogiou o primeiro Interfaces na versão digital.  “Trocar informações com uma profissional com a bagagem da Fabíola é imensurável, pois ela mostrou que o publicitário é adaptável a todas as mudanças. Do início ao fim, a Fabíola teve muita simpatia e respondeu todas as perguntas com muita coerência”, disse.

Já o aluno Rafael Menezes disse que o projeto Interfaces permite a troca de ideias e experiências com profissionais que atuam no mercado. “A lição que fica deste bate-papo digital é a necessidade de nos dedicarmos aos estudos, para nos tornamos um grande profissional como a nossa convidada que atua em uma das maiores redes de franquias do Brasil”, destacou.

Outro participante do Interfaces foi o ex-aluno de Publicidade formado pelas Faculdades FACCAT, Hermes Augusto. O encontro organizado pelo professor Lucas Braga ocorreu no dia 9 de junho.

Durante a conversa virtual, Hermes compartilhou suas experiências desde quando se formou em Tupã até se tornar SEO do BTG Pactual, maior banco de investimento da América Latina. Ele teve passagens pelas agências Ogilvy & Mather e Cadastra. Atendeu marcas como Carrefour, Magazine Luiza, Itaú, Vivo e Honda.

João Witor aluno de Publicidade e Propaganda destacou o que mais chamou sua atenção no bate-papo digital. “A palestra do Hermes foi bem interessante, porque ele é um ex-aluno do curso de Publicidade da FACCAT que está se destacando na sua área e tem uma grande experiência em agências. Ele mostrou que a publicidade é uma área muito ampla e não se limita apenas as agências. O mercado é muito grande e cheio de oportunidades para aproveitarmos”, disse.

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no print
Imprimir

Sobre o autor

Equipe Tupãense Notícias

Equipe Tupãense Notícias

O portal Tupãense reúne os melhores produtores de conteúdo da região para fornecer a você notícias de alta qualidade.

Mais notícias

Últimas notícias

Últimas notícias

Últimas notícias

Últimas notícias

Proibida a reprodução total ou parcial. Para licenciar este conteúdo e reproduzi-lo entre em contato com nossa equipe comercial.