Entrada do Balneário Sete de Setembro foi bloqueada após várias denúncias

Aglomerações eram constantemente feitas no local, de acordo com denúncias anônimas

Para evitar que ocorram aglomerações de pessoas em espaços do município, a Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Planejamento, Obras e Trânsito, iniciou na manhã da última sexta-feira (7), o bloqueio das entradas que dão acesso ao Balneário Sete de Setembro. Além desta ação, a Pasta também optou pela interrupção do fornecimento de energia do local.

A tomada da medida é decorrente às inúmeras denúncias de moradores do perímetro urbano e da zona rural (próximo ao balneário), que ficam cientes sobre festas e outras celebrações clandestinas que ocorrem no local. Lembrando que estas atitudes vão contra as recomendações dos órgãos de saúde.

Vale ressaltar que a medida não é a primeira a ser tomada para impedir que pessoas se agrupem em espaços públicos. Desde as primeiras ações que a Administração Municipal adotou para combater o novo coronavírus, a Secretaria de Planejamento ficou responsável pelo bloqueio de locais que aglomerassem pessoas, como praças e parques.

Na época, estes locais foram interditados com fitas de isolamento zebradas e colocados avisos sobre os motivos da ação. Mais tarde, a Pasta também adotou outras medidas, como a retirada de bancos de madeira de algumas praças. No entanto, as denúncias ainda continuavam apontando aglomerações.

O titular da Pasta, Valentim César Bigeschi, explicou que a Prefeitura está tentando de todas as formas impedir que o vírus se espalhe no município, elevando os casos da doença e sobrecarregando o sistema de saúde público.

“É muito importante que as pessoas entendam que as medidas adotadas pela Prefeitura só terão eficácia com a colaboração de todos. Por isso, informamos que a Pasta continuará bloqueando espaços que sirvam para fins de reuniões entre várias pessoas”, disse.

Valentim ainda acrescentou que o trabalho da Secretaria Municipal de Saúde, por meio do canal de denúncias “Call Center”, serve de auxílio para as ações da Pasta, expondo todos os locais que são apontados realizando aglomerações.

Já o prefeito Caio Aoqui pediu a colaboração de todos, tanto para o isolamento social, quanto para ajudar denunciando espaços que estejam aglomerando pessoas e indo contra as medidas adotadas pelo município.

“Pedimos para que usem o Call Center como principal meio de denúncias. Para isso, os munícipes podem ligar no canal através do número (14) 99713-5691 de segunda a quarta-feira, das 7h às 17h, e de quinta-feira a domingo, das 7h às 00h. Após estes horários, o munícipe deve realizar a denúncia na Polícia Militar pelo 190”, pediu.

Caio ainda acrescentou que somente seguindo as recomendações dos órgãos de saúde é que venceremos a batalha contra o novo coronavírus.

“Sabemos que a reunião com nossos amigos e familiares faz muita falta, afinal, já são muitos meses de isolamento. No entanto, esta é por enquanto a única maneira eficaz para evitar a contaminação em massa. Temos que ter fé que tudo isso passará e logo poderemos voltar a nos reunirmos com as pessoas que amamos”, concluiu.

Fonte: Assessoria de Imprensa

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no print
Imprimir

Sobre o autor

Equipe Tupãense Notícias

Equipe Tupãense Notícias

O portal Tupãense reúne os melhores produtores de conteúdo da região para fornecer a você notícias de alta qualidade.

Mais notícias

Últimas notícias

Últimas notícias

Últimas notícias

Últimas notícias

Proibida a reprodução total ou parcial.Para licenciar este conteúdo e reproduzi-lo entre em contato com nossa equipe comercial.