Prefeitura orienta donos de empresas de mototáxi sobre prevenção à Covid-19

Bate-papo teve como objetivo reforçar as estratégias para manutenção das atividades

A Secretaria de Saúde de Tupã realizou uma palestra com os proprietários das empresas de mototáxi do município para orientar e reforçar a importância da adoção das medidas de segurança para enfrentamento da pandemia de coronavírus.

De acordo com o secretário de Saúde, dr. Miguel Ângelo de Marqui, a palestra, realizada nesta quarta-feira (23), serviu também para manutenção do diálogo com essas prestadoras de serviços para assegurar a saúde dos funcionários e clientes.

“Os próprios empresários apresentaram dúvidas em relação às regras que são essenciais para o funcionamento responsável das empresas deles. Nosso trabalho foi de esclarecer quais medidas precisam ser cumpridas”, explicou o secretário.

Entre as recomendações aos proprietários de mototáxis, segundo o diretor do departamento de Vigilância em Saúde, Robison Luis Pereira, está o uso obrigatório de máscaras, tanto pelo condutor, como pelo passageiro.

“Também reforçamos a forma e a frequência corretas de higienização das mãos. Além do fundamental para este setor, que é a limpeza dos capacetes e partes da moto como assento e alça de segurança”, explicou Robison.

A fim de conhecer as particularidades dos locais, e quais as adequações ideais para cada estabelecimento, os agentes de Saneamento farão visitas técnicas agendadas. A chefe de setor de Vigilância Sanitária, Gisele Porteiro, afirmou que conhecer a realidade de cada empresa ajudará a melhorar a segurança nos atendimentos aos passageiros e para os próprios funcionários.

Desde o início da disseminação do novo coronavírus, os setores de transporte privado e público estão obrigados a intensificar a limpeza e higienização, seja em motos, carros, ônibus ou trens. Assim como estações e terminais.

Compete às empresas e aos prestadores de serviços não atender passageiros sem máscara e proibir a permanência deles nos ambientes se não estiverem cumprindo essa recomendação.

“As empresas estão sujeitas à fiscalização das equipes municipais e podem ser advertidas se for identificado algum descumprimento. E depois da advertência, elas serão multadas”, explicou o Gisele.

Fonte: Assessoria de Imprensa

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no print
Imprimir

Sobre o autor

Equipe Tupãense Notícias

Equipe Tupãense Notícias

O portal Tupãense reúne os melhores produtores de conteúdo da região para fornecer a você notícias de alta qualidade.

Mais notícias

Últimas notícias

Últimas notícias

Últimas notícias

Últimas notícias

Proibida a reprodução total ou parcial.Para licenciar este conteúdo e reproduzi-lo entre em contato com nossa equipe comercial.