Saúde alerta para prevenção e diagnóstico precoce de ISTs

Atendimentos no Ambulatório de Moléstias Infecciosas de Tupã são agendados pelo telefone (14) 3491-5640

Devido à pandemia do novo Coronavírus, palestras de conscientização sobre Infecções Sexualmente Transmissíveis (ISTs) precisaram ser suspensas. Porém, o Ambulatório de Moléstias Infecciosas de Tupã alerta sobre a importância da prevenção e diagnóstico precoce de ISTs.

O Município oferece testes rápidos gratuitos para HIV, Sífilis e Hepatites B e C, que são realizados de forma sigilosa e ficam prontos em até 30 minutos. Para fazer o exame, basta agendar o atendimento pelo telefone (14) 3491-5640 e comparecer ao Ambulatório de Moléstias Infecciosas, localizado na rua Nhambiquaras, 432, munido com um documento de identificação. O órgão atende das 7 às 17h, de segunda a sexta-feira.

De acordo com a enfermeira e coordenadora do Programa Municipal de IST/AIDS e Hepatites Virais de Tupã, Anaille Virginia Genovez Michelotti, o diagnósticos de ISTs, quando feito precocemente, melhora a qualidade de vida e interrompe a cadeia de transmissão dessas infecções.

“As ISTs têm um impacto direto sobre a saúde das pessoas, independente do gênero e da faixa etária, provocando infertilidade, sequelas neurológicas e até complicações na gravidez e no parto. Por isso, o diagnóstico precoce é crucial para o tratamento do paciente, que pode ser curado ou, dependendo do tipo de infecção, ter o aumento de sua qualidade e expectativa de vida”, explicou.

Anaille acrescenta que o Ambulatório conta com uma equipe multiprofissional capacitada, composta por médico, enfermeira, auxiliares de enfermagem, educadora, escrituraria e auxiliar de limpeza. “Além do diagnóstico, temos uma equipe capacitada que realiza o acompanhamento dos pacientes e tratamento das infecções. Tupã é referência e oferece atendimento para mais 16 municípios da região”, destacou.

Já o secretário municipal de Saúde, Dr. Miguel Ângelo de Marchi, comentou a importância de realizar o exame para um diagnóstico precoce das ISTs. “As ISTs são causadas por vírus, bactérias ou outros microrganismos, e a principal forma de transmissão é através do contato sexual sem o uso de preservativos. Por isso, é importante que a população se previna e realize exames periódicos, para verificar seu estado de saúde. É uma questão de bem-estar próprio”, concluiu.

Fonte: Assessoria de Imprensa

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no print
Imprimir

Sobre o autor

Equipe Tupãense Notícias

Equipe Tupãense Notícias

O portal Tupãense reúne os melhores produtores de conteúdo da região para fornecer a você notícias de alta qualidade.

Mais notícias

Últimas notícias

Últimas notícias

Últimas notícias

Últimas notícias

Proibida a reprodução total ou parcial.Para licenciar este conteúdo e reproduzi-lo entre em contato com nossa equipe comercial.