Prefeitura alerta para cuidados com a Dengue durante o frio

Dengue em Tupã

O Departamento de Entomologia e Endemias informa que até o momento foram confirmados 584 casos de dengue no município e 12 suspeitos aguardam o resultados dos exames.

Os agentes do setor já realizaram 55.787 visitas. Além disso, mais de 757 criadouros com larvas do mosquito já foram eliminados das residências.

Cuidados com a Dengue durante o frio

Eliminar focos do Aedes é a melhor forma de prevenção

A Prefeitura de Tupã realiza um trabalho permanente de prevenção e eliminação de criadouros do Aedes aegypti em diversas partes do município. Por isso, a Administração orienta os moradores a continuarem com os cuidados contra a dengue, pois mesmo em um período mais frio, o mosquito continua a se reproduzir.

A melhor forma de prevenção à dengue ainda é evitar a proliferação do mosquito, que ocorre através de ações simples, porém eficientes. A população deve eliminar água parada de possíveis criadouros, como garrafas, potes, tampinhas, pneus, entre outros. Também deve manter as caixas d’água bem fechadas, evitando a entrada e reprodução do Aedes nestes locais.

Além disso, deve retirar a água acumulada de lajes, encher os pratinhos de vasos de flores com areia até a borda, realizar a manutenção de piscinas, tampar ralos, cobrir materiais de construção com lonas, entre outros. Essas medidas também previnem o surgimento de animais peçonhentos nas residências.

A Prefeitura traçou diversas ações para combater a epidemia da doença no ano passado. Desde a troca de administração, em maio de 2019, vários planos foram desenvolvidos, como a ampliação das visitas às residências, uso de biolarvicida, nebulizações, aquisição de maquinários, além da ampliação de equipes e limpeza de diversos locais.

O diretor do Departamento de Entomologia e Endemias, Marcos Antônio de Barros – “Marquinho da Dengue”, destacou que os cuidados com a dengue devem ser os mesmos durante todo o ano.

“Muitas pessoas acham que o período da dengue é apenas no verão. Porém, a preocupação tem que existir sim, pois se os criadouros não forem eliminados, os ovos depositados podem permanecer intactos durante meses e, quando a estação quente recomeçar, irão eclodir, podendo dar origem a uma nova epidemia e ocasionar riscos à saúde da população”, destacou.

Já o prefeito Caio Aoqui destacou que é importante que a população siga as recomendações do Departamento de Entomologia e Endemias, para que o trabalho se torne ainda mais eficiente. O chefe do Executivo acrescentou que mesmo controlando a situação no município, as ações da Administração para combater a doença continuam intensificadas. “Devido aos trabalhos desenvolvidos pelos nossos setores, reduzimos os casos de dengue. Por exemplo, se compararmos maio de 2019 a maio deste ano, tivemos uma redução de 82,32% nos casos da doença em nossa cidade. Por isso, para mantermos esse trabalho e cuidarmos da saúde da população, precisamos do apoio de todos”, concluiu.

Fonte: Assessoria de Imprensa

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no print
Imprimir

Sobre o autor

Equipe Tupãense Notícias

Equipe Tupãense Notícias

O portal Tupãense reúne os melhores produtores de conteúdo da região para fornecer a você notícias de alta qualidade.

Mais notícias

Últimas notícias

Últimas notícias

Últimas notícias

Últimas notícias

Proibida a reprodução total ou parcial.Para licenciar este conteúdo e reproduzi-lo entre em contato com nossa equipe comercial.