Tupã e Bastos receberão verbas Federais destinadas a seus hospitais

O senador Major Olímpio confirmou ao deputado estadual Ed Thomas, primeiro repasse de recursos emergenciais para Santas Casas e hospitais filantrópicos de cidades do Oeste Paulista que participam do SUS – Sistema Único de Saúde, e também aqueles municípios que possuem unidades prisionais, a emenda que garantiu a verba é do senador Major Olímpio.

Estão sendo contempladas as seguintes Santa Casas e hospitais filantrópicos: 

Santa Casa de Álvares  Machado, R$ 56.900,80; 

SC de Presidente Prudente, R$ 548.948,27; 

Hospital Adolpho Bezerra de Menezes de Presidente Prudente, R$ 300.010,71; 

SC de Martinópolis, R$ 201.448,91; 

SC de Presidente Bernardes, R$ 201.958,59; 

SC de Presidente Epitácio, R$ 214.958,59;

SC de Presidente Venceslau, R$ 352.535,59; 

SC de Flórida Paulista, R$ 56.253,01; 

SC de Lucélia, R$ 45.326,00; 

SC de Osvaldo Cruz, R$ 241.738,69;

Hospital de Rancharia, R$ 256.053,61;

Hospital de Regente Feijó, R$ 47.417,34;

Hospital da Associação Beneficente de Bastos, R$ 88.512,36; 

SC de Dracena, R$ 594.274,28; 

SC de Junqueirópolis, R$ 125.905,57;

Hospital Beneficente de Maracai, R$ 69.545,43; 

SC de Pacaembu, R$ 161.159,13;  

SC de Panorama, R$ 110.640,45; 

SC de Penápolis, R$ 287.665,17; 

Hospital Regional de Teodoro Sampaio, R$ 164.380,10; 

SC de Tupã, R$ 417.272,55 e 

SC de Tupi Paulista, R$ 151.086,68

SC de Assis, R$ 392.825,37; 

SC de Candido Mota, R$ 79.028,89; 

SC de Paraguaçu Paulista, R$ 443.187,60;

SC de Palmital, R$ 113.801,61

SC de Ourinhos, R$ 553.984,50.

Segundo a Portaria 1.393 publicada no Diário Oficial da União, no dia 22 de maio, estes valores referem-se à primeira parcela dos R$ 340 milhões que fazem parte do total de R$ 2 bilhões (Lei 13.995). 

Recursos obrigatoriamente para a aquisição de medicamentos, suprimentos, insumos e produtos hospitalares para o atendimento adequado à população, de equipamentos e na realização de pequenas reformas e adaptações físicas para aumento da oferta de leitos de terapia intensiva, bem como no respaldo ao aumento de gastos que as entidades terão com a definição de protocolos assistenciais específicos para enfrentar a pandemia da Covid-19 e, ainda, com a contratação e o pagamento dos profissionais de saúde necessários para atender à demanda adicional.

Fonte: Valdecir Luis de Sousa 

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no print
Imprimir

Sobre o autor

Equipe Tupãense Notícias

Equipe Tupãense Notícias

O portal Tupãense reúne os melhores produtores de conteúdo da região para fornecer a você notícias de alta qualidade.

Mais notícias

Últimas notícias

Últimas notícias

Últimas notícias

Últimas notícias

Proibida a reprodução total ou parcial.Para licenciar este conteúdo e reproduzi-lo entre em contato com nossa equipe comercial.