Em 24 horas, Brasil tem 6 mil novos casos suspeitos do novo coronavírus

Segundo o Ministério da Saúde, aumento era esperado depois que os estados passaram a atualizar o sistema diretamente. São 346 casos confirmados de Covid-19

O número de casos suspeitos da Covid-19 deu um salto de mais de seis mil novos casos em 24 horas.

Os dados desta terça-feira (17) mostram 8.819 pessoas com suspeita de estarem com o coronavírus. Na segunda-feira (16), eram 2.064, ou seja, houve um aumento de 327% nos casos suspeitos. O estado de São Paulo registra a maioria, mais de cinco mil, além da primeira morte confirmada nesta terça.

Em uma entrevista transmitida pela internet, sem a presença de repórteres, para diminuir o risco de contaminação, o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, disse que o Brasil vai enfrentar dois ou três meses de muito estresse.

Ao reforçar as ações que estão sendo adotadas, o ministro da Saúde voltou a lembrar uma orientação básica para toda a população.

“Cuidem dos idosos, cuidem dos idosos. É hora de filho e filha cuidar de pai e mãe, avó, tia-avó. É preciso ter muito claro: ligar para perguntar como é que está, mas não levar sistematicamente muitas crianças. Muitas crianças são assintomáticas, não desenvolvem nem uma coriza. Não tem nenhuma avó que não coloque um neto no colo e não encha de beijos. Pedir para que elas não os beijem, não os abracem, não dê colo seria muito duro. Então, conversar, dialogar, procurar proteger. O momento agora é de proteção. Quanto menos idosos nós tivermos com esta gripe, menos pressão nós colocaremos nos leitos de CTI, já que eles infelizmente são os que desenvolvem a maior necessidade de cuidado intensivo”, pediu o ministro.

Fonte: G1

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no print
Imprimir

Sobre o autor

Equipe Tupãense Notícias

Equipe Tupãense Notícias

O portal Tupãense reúne os melhores produtores de conteúdo da região para fornecer a você notícias de alta qualidade.

Mais notícias

Últimas notícias

Últimas notícias

Últimas notícias

Últimas notícias

Proibida a reprodução total ou parcial.Para licenciar este conteúdo e reproduzi-lo entre em contato com nossa equipe comercial.