Vereador Israel “Tutu” propõe implantação do programa “Consultório na Rua”

O vereador Israel Velloso da Silva Neto, “Tutu”, está propondo ao prefeito Caio Aoqui que inclua Tupã no programa “Consultório na Rua”, desenvolvido pelo Ministério da Saúde. A proposta é atender pessoas em situação de rua.

Segundo o vereador Israel “Tutu”, a vida nas ruas tem se apresentado como uma realidade para um número cada vez maior de pessoas. “Essa dura realidade social mistura-se com as dinâmicas de funcionamento do espaço urbano, configura conflitos e condições de vida precárias”, disse.

Com a implantação do programa “Consultório na Rua”, o vereador observa que a equipe itinerante poderia realizar curativos, aplicar vacinas, orientar sobre higiene relacionada à saúde, prevenção e orientação sobre Infecções Sexualmente Transmissíveis (ISTs), entre outros atendimentos. “Pessoas que vivem na rua constituem um grupo heterogêneo que têm em comum a extrema vulnerabilidade social”, disse “Tutu”.

No programa “Consultório na Rua”, o atendimento é feito por equipes multiprofissionais que contam com enfermeiros, psicólogos, assistentes, técnicos ou auxiliares de enfermagem, técnicos em saúde bucal, cirurgião-dentista, profissionais/professores de educação física ou profissionais com formação em arte e educação.

Após ter a indicação lida na Câmara Municipal, o vereador Israel “Tutu” encaminhou o pedido ao ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, ao deputado federal Marco Aurelio Bertaiolli e ao prefeito Caio Aoqui, solicitando a inclusão de Tupã no programa “Consultório na Rua”.

Fonte: Assessoria de Imprensa

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no print
Imprimir

Sobre o autor

Equipe Tupãense Notícias

Equipe Tupãense Notícias

O portal Tupãense reúne os melhores produtores de conteúdo da região para fornecer a você notícias de alta qualidade.

Mais notícias

Últimas notícias

Últimas notícias

Últimas notícias

Últimas notícias

Proibida a reprodução total ou parcial.Para licenciar este conteúdo e reproduzi-lo entre em contato com nossa equipe comercial.