Empreendedora Luciana Ribeiro abre o coração: “Minha história me inspirou a transbordar” e destaca o “Movimento Fênix”; acesse entrevista exclusiva

Sua jornada é resultado de uma verdadeira Transformação!

A história de Luciana Ribeiro traz vários episódios de mudanças e todos eles têm em comum, a capacidade e coragem em enfrentar dores, ir ao fundo do poço, resistir, perseverar, vencer crenças limitantes e “RESSURGIR” em suas escolhas e como mulher.

Com 44 anos, a empreendedora Tupãense alcançou novos horizontes pela sua capacidade de inovação frente ao Oásis Urbano – Recanto Motel. Desde que assumiu a liderança do negócio moteleiro ela tem impactado a vida dos casais e desmistificado muitas objeções que envolvem o setor, sendo referência até mesmo no cenário nacional.

Em 2020, ela encontrou no Digital a oportunidade de fortalecer seu trabalho, sua marca, seu negócio e explorar novas oportunidades, ao dividir sua história, experiências e conhecimento com outras empreendedoras, mulheres e empresas.

Recentemente ela lançou um novo movimento: o “FÊNIX, que busca inspirar, acolher e movimentar mulheres para que encurtem seus caminhos na busca do autoconhecimento, inteligência emocional e relacionamentos saudáveis.

Luciana se define como uma Fênix e ela tem seus motivos.

Confira entrevista exclusiva e detalhes sobre o novo projeto de trabalho da empreendedora:

Tupãense: O que te inspirou a iniciar o movimento Fênix e qual é a história por trás dele?

Luciana: Estou à frente do Recanto faz 9 anos. Antes disso, eu era educadora da rede Estadual de Ensino. Nessa época atuava como formadora, trabalhava diretamente com os coordenadores das escolas para possibilitar melhores avanços nas aprendizagens dos alunos.
Estava no auge da minha carreira e meu esposo também quando recebemos a notícia que ele estava com câncer. Lutamos dois anos e infelizmente o perdemos. Foi então que fiz a escolha de assumir o Recanto Motel para poder garantir o meu sustento e das minhas três filhas.

Mas de verdade, apenas assumi e sumi da empresa, a deixava de lado, procrastinava, até porque eram tantas demandas que nem sabia por onde começar. Deixava nas mãos de colaboradores e era uma guerra danada, porque cobrava algo que eu não oferecia. Como cobrar a limpeza correta se nem eu ao menos sabia como limpar? Como cobrar um atendimento diferenciado se nem eu mesma ficava na empresa para orientar, eram momentos muitos difíceis para mim e ainda mais para equipe. Sou muito grata até hoje por algumas pessoas que continuam comigo, por terem abraçado o Recanto, quando o que eu mais queria era distância dele.

E sabe o porque da distância? Simplesmente pela minha crença de que motel era coisa errada, era para os casais traírem. A minha crença sobre sexualidade precisou ser quebrada e trabalhada para que eu pudesse de verdade enxergar a empresa com propósito e como minha missão: fazer diferença na vida dos casais através de um espaço diferenciado para que vivenciem momentos memoráveis com quem compartilham a vida.

Antes de chegar nesse propósito, fui procurar uma pessoa para colocar no buraco de solidão que meu marido deixou, outra crença limitante que precisei quebrar: a de que só seria feliz se fosse casada novamente e que tivesse alguém para “cuidar” de mim, das minhas filhas e da minha empresa.

Essa crença também me fez perder o caminho, me perdi no meio de festas, excesso de amigos, excesso de bebida, comida e relacionamentos que não vinham ao encontro do que eu merecia.

Foi aí que cheguei ao fundo do poço, me casei e me separei em três meses, aí foi a grande virada.

Pensei: mais uma crença terá que ser quebrada, é possível sim ser feliz, mas para essa descoberta precisei dar vários passos para trás para buscar a dor que guardei, o luto que tive medo de vivenciar. Busquei terapia, cursos de autoconhecimento , cujo prof. Dr PHD Pedro Calabrez – tudo para que retornasse a minha essência! E nessa busca, descobri a minha essência, porque nesse movimento de me conhecer, também fui conhecendo mais sobre a nova motelaria cujo mentor Vinicius Roveda continua sendo nossa linha mestra nessa transformação.

Percebe que ao me buscar, busquei também encaixar o meu propósito e a minha essência no trabalho do Recanto?

Por meio das redes sociais comecei a fazer um trabalho com as Lindonas e muitas sementes foram semeadas e o motel foi crescendo com esse movimento. Hoje o Recanto é conhecido nacionalmente e somos referência tanto em serviços, arquitetura , mentalidade e também de movimentar as mulheres a irem mais fundo nos seus relacionamentos, não falamos sobre sexualidade, impactamos famílias! Porque é só através do bom relacionamento do casal que este conseguirá desenvolver uma educação melhor dos filhos, aos pais, no trabalho, e sempre usamos a mulher para esse movimento , porque querendo ou não, nós somos muito mais emoção e conseguimos fazer o homem enxergar detalhes que podem fazer toda a diferença.

Minha história me inspirou a transbordar, as palestras que ministro todas elas tem como objetivo principal a reflexão do poder do feminino para fazer diferença no mundo. E nessas palestras comecei a perceber o quanto as mulheres não conseguiam enxergar essa força, Muryllo, que é tão nossa , tão real e tão visível a mim hoje e para muitas tão distante.

Tupãense: Por que optou trabalhar a Inteligência Emocional dentro desse movimento?

Luciana: Foi aqui que surgiu a ideia do Movimento Fênix: possibilitar ao maior número possível de mulheres a reflexão da importância de voltarem para si mesmas, para suas raízes, ao buscarem o autoconhecimento para consolidarem a Inteligência Emocional com foco nos relacionamentos saudáveis: com elas mesmas, com o parceiro (a), com os filhos, com os pais, com o trabalho. Em resumo, Inteligência Emocional para possibilitar a prosperidade. Nas palestras e conversas com centenas de mulheres percebi que muito do que impede que elas avancem e tenham sucesso nas diferentes áreas são as crenças limitantes e também a dificuldade de lidar com as suas emoções. Desse modo, assim como as minhas crenças, minhas dores e minhas fugas me paralisavam, também enxerguei isso nas mulheres que tive e tenho contato. Por isso o movimento.

Tupãense: Quem pode participar do movimento e qual sua duração? Ele tem prazo ou pretende manter com suas outras atividades profissionais?

Luciana: Todas as mulheres que estão inquietas e querendo algo que as motive e que mostre esse caminho das pedras! Para isso serve nossos mentores, para encurtar o caminho. Eu já vivi tudo isso e busquei , testei e consegui muitos avanços. Quero encurtar o caminhos para as mulheres que já perceberam a necessidade de se voltarem para si mesmas, para nosso íntimo, buscando saber quem somos, validando de onde viemos, o que nos brilha os olhos, o que nos entristece … é chegada a hora!

Tupãense: O que as mulheres podem esperar do Movimento Fênix?

Luciana: O Movimento tem uma comunidade no Whatsapp já com mais de 200 mulheres que recebem pílulas diárias do Autoconhecimento para poder no dia a dia serem motivadas com ferramentas validadas pela ciência para alcançarem uma vida próspera em todas as áreas!
A mulher que quiser se transformar em Fênix, vai lá seguir o instagram @luribeiro.br e mande um direct dizendo: “Eu quero participar do Movimento Fênix”, que enviarei o link. E, em breve, serão oferecidos cursos , Mentorias e com certeza faremos um movimento para podermos alavancar as mulheres que estão vendo essa necessidade em suas vidas.

Tupãense: Na sua opinião, quais os maiores desafios (hoje) dos casais para manterem um relacionamento saudável?

Luciana: O maior desafio do casal é entender que o outro é o outro e não uma extensão de nós mesmos! Quando queremos que o outro seja aquilo que sonhamos e que dizemos que seja o “certo” , estamos sendo egoístas. O relacionamento é para que possamos trocar o que o outro tem de melhor, ajudar a crescer e o que eu tenho de melhor, serve para possibilitar o crescimento de quem amamos. E para isso, para entender e chegar nesse consenso é necessário o autoconhecimento e a conquista da inteligência emocional. Muitos relacionamentos terminam, muitas famílias se perdem por conta da imaturidade. E com isso, filhos ficam no meio de tudo isso … e o que esses filhos vão terão? Mais relacionamentos tóxicos, assim como viram seus pais e por aí vai… Enquanto não quebrarmos esses padrões não avançaremos.

Tupãense: Quem é a Luciana Ribeiro hoje ao liderar o Movimento Fênix?

Luciana: A Lu Ribeiro hoje tomou posse da Fênix que existe em todas as mulheres, mas muitas de nós não a enxergamos, mas poderemos enxergar se quisermos! Sou uma eterna buscadora, acredito no conhecimento e na possibilidade de aprendermos umas com as outras. E isso me satisfaz e alegra meu coração para continuar esse propósito lá do início; uma vez educadora sempre educadora! Estou feliz, com relacionamentos prósperos em todas as áreas da minha vida , e sigo aprendendo e buscando a melhor versão de mim mesma!

Tupãense: Fênix, deixe uma mensagem inspiradora e motivadora que queira compartilhar com as mulheres que já seguem você e também àquelas que precisam conhecer esse trabalho?

Luciana: A Fênix é uma ave mitológica, ela simboliza o Renascimento. Também simboliza o fogo, a vida, o sol, a renovação, a imortalidade e a longevidade. Ela, a Fênix, com grandes penas vermelhas e douradas, se ergue do fogo. Ela possui a capacidade de renascer de suas próprias cinzas depois de ser consumida pelo fogo. E qual mulher não precisa fazer esse movimento? Através da viragem e resiliência poder ressurgir e aprender com as dores da vida. Porque essa é a única certeza: temos e teremos muitas dores, mas estamos aqui para evoluir!

“O caminho é se movimentar, parar e se observar. O segredo está nas pequenas conquistas diárias. Movimento Fênix: somos resilientes e inspiramos conquistas”, declara Luciana.

Em sua rede social, Luciana Ribeiro anunciou que faltam 10 dias para ela viver algo memorável. O que será? Ficamos atentos e acompanhando os próximos passos.

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Email
Imprimir

Sobre o autor

Muryllo Simon

Muryllo Simon

Jornalista, graduado em Letras e Social Media, Muryllo Simon é também apresentador de eventos e influenciador digital. Como repórter do Tupãense Notícias, destaca-se pela sua performance com entrevistas ao vivo e coberturas especiais.

Últimas notícias

Últimas notícias

Últimas notícias

Últimas notícias

Proibida a reprodução total ou parcial.

Para licenciar este conteúdo e reproduzi-lo
entre em contato com nossa equipe comercial.