Paulo Henrique Andrade é cassado, confira como foi a Sessão

Em uma Sessão Camarária nada calma, o vereador Paulo Henrique Andrade (PSDB) de 39 anos teve seu mandato cassado. Com uma larga votação para que o fato se concretizasse 13 vereadores foram contundentes ao dizer sim durante a votação, apenas dois votos foram favoráveis a Andrade, sendo o dele próprio e do vereador Renatinho da Garagem.

Foram cerca de 15 horas de sessão, muitas delas dedicadas as leituras da denúncia, defesa, testemunhas e o parecer da comissão que julgou e finalizou o processo que seguiu para votação dos vereadores, o início do julgamento foi às 16h de ontem (21) e encerrou-se hoje (22) às 7h.

No fim da tarde de ontem, uma confusão generalizada pausou a sessão por quase uma hora, dois apoiadores de PH foram detidos por Desacato e lavados pela Polícia Militar até à Central de Polícia Judiciária. O ex-vereador Luís Alves também foi convidado a deixar o plenário da Câmara após pedido de um dos advogados de Andrade, com calma ele se dirigiu até o lado externo do plenário e conversou com algumas autoridades.

O vereador Renatinho da Garagem usou o púlpito, onde antecipou que votaria contra a cassação de PH, defendeu o réu e disse que espera “terminar o seu mandato de acordo com vontade de Deus”.

Em seguida os advogados do ex-vereador fizeram uso da palavra, e um deles, Dr. André Braga Castro (Pena Castro) disse que a situação era vexatória e uma covardia com o seu cliente.

Paulo Henrique Andrade usou a tribuna, defendeu-se, chegou a se emocionar e pediu para que os vereadores pensassem com clareza em suas decisões. O vereador Ribeirão pediu a palavra e esclareceu que a decisão da câmara seguirá o regimento interno, e o que será julgado é o comportamento de Paulo Henrique dentro da Câmara Municipal e não sobre se houve violência na desinteligência com uma cidadã, o que desencadeou a tramitação do processo de cassação.

A sessão foi pausada e todos se reuniram na sala da presidência.

Ao voltarem ao plenário a cassação foi consumada.

“Diante do resultado o Projeto de Resolução 5/2023 foi aprovado, sendo declarado a perda do mandato do senhor vereador Paulo Henrique Andrade em razão de prática incompatível com o decoro parlamentar, o senhor Paulo Henrique Andrade está cassado. Concluída as votações que constavam na pauta, renovamos nossos agradecimentos à Deus e por sua constante proteção, agradecemos os senhores vereadores, colaboradores, funcionários e ao público por ter prestigiado os nossos trabalhos, bem como através da TV Câmara e pela internet, damos por encerrado a Sessão Extraordinária”, finalizou o Presidente da Câmara Municipal Marcos Gasparetto.

Confira no vídeo abaixo

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Email
Imprimir

Sobre o autor

Equipe Tupãense Notícias

Equipe Tupãense Notícias

O portal Tupãense reúne os melhores produtores de conteúdo da região para fornecer a você notícias de alta qualidade.

Últimas notícias

Últimas notícias

Últimas notícias

Últimas notícias

Proibida a reprodução total ou parcial.

Para licenciar este conteúdo e reproduzi-lo
entre em contato com nossa equipe comercial.