Pesquisar
Close this search box.

Prefeitura de Bastos adota medidas rigorosas para coibir animais soltos e proteger vidas

A Prefeitura de Bastos está determinada a garantir a segurança da população e reduzir os riscos causados pela presença de animais soltos nas ruas e estradas do município. A partir deste sábado, dia 17, teve início uma importante ação de recolhimento de animais de grande porte soltos nas ruas e vicinais do município. 

Após vários alertas e orientações sobre os perigos que esses animais representam, a administração municipal decidiu agir de forma mais rigorosa. Proprietários negligentes serão multados e, caso não tomem as providências necessárias para resolver o problema, os animais serão realocados, garantindo assim a vida e a segurança das pessoas. 

Essa medida é respaldada por uma lei municipal já existente em Bastos, que visa a proteção dos animais e a responsabilização de seus tutores.

Os animais soltos nas ruas e estradas representam um risco significativo para os moradores e motoristas. Ao circular livremente, eles podem causar acidentes graves, resultando em danos materiais, lesões e até mesmo perda de vidas humanas. 

Infelizmente, nos últimos tempos, diversos acidentes foram registrados na região, evidenciando a urgência de uma ação efetiva.

O prefeito Manoel Rosa ressalta que a iniciativa tem como objetivo responsabilizar os tutores: “Ao criar e manter animais de forma errante, sem a devida segurança e cuidado, essas pessoas colocam em risco a integridade física e a vida dos cidadãos”.

Para garantir o sucesso dessa ação, a prefeitura de Bastos conta com a colaboração de diferentes órgãos. A Defesa Civil, Polícia Militar, Polícia Rodoviária e Secretarias se uniram nessa iniciativa, buscando atuar de forma conjunta para solucionar o problema. 

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Email
Imprimir

Sobre o autor

Picture of Equipe Tupãense Notícias

Equipe Tupãense Notícias

O portal Tupãense reúne os melhores produtores de conteúdo da região para fornecer a você notícias de alta qualidade.

Últimas notícias

Últimas notícias

Últimas notícias

Últimas notícias

Proibida a reprodução total ou parcial.

Para licenciar este conteúdo e reproduzi-lo
entre em contato com nossa equipe comercial.