Mais de mil cabeças de gado morreram de frio em Mato Grosso do Sul esta semana

Gados não resistiram ao frio no Pantanal de Mato Grosso do Sul. — Foto: Iagro

1.071 cabeças de gado morreram de frio em Mato Grosso do Sul, desde quarta-feira (14).

A Agência Estadual de Defesa Sanitária Animal e Vegetal (Iagro) estima que o prejuízo tenha sido de cerca de R$ 3 milhões para os produtores rurais.

De acordo com especialistas, as mortes dos animais estão atreladas a uma severa hipotermia e o gado pantaneiro pode sofrer ainda mais com o frio.

As mortes ocorreram principalmente na região da Nhecolândia, no Pantanal sul-mato-grossense.

Equipes da Iagro estão percorrendo as propriedades onde há suspeitas de morte por condições climáticas. Foram confirmadas 1.071.

Dados do Inmet mostraram que na madrugada desta sexta-feira (16), os termômetros marcaram 11°C em Corumbá, com sensação térmica ainda mais baixa: 9°C .

“Foram as temperaturas registradas mais baixas desse ano. E hoje é possível que ocorram mais mortes”, afirmou o diretor-presidente da Iagro, Daniel Ingold.

No entanto, de acordo com Daniel, as mortes dos animais não são tão incomuns na região do Pantanal e já foram registradas anteriormente.

Fonte: G1

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Email
Imprimir

Sobre o autor

Equipe Tupãense Notícias

Equipe Tupãense Notícias

O portal Tupãense reúne os melhores produtores de conteúdo da região para fornecer a você notícias de alta qualidade.

Últimas notícias

Últimas notícias

Últimas notícias

Últimas notícias

Proibida a reprodução total ou parcial.

Para licenciar este conteúdo e reproduzi-lo
entre em contato com nossa equipe comercial.