Nova Delegada Seccional de Ourinhos leva projeto que é sucesso em Tupã para a cidade

Drª Cristiane Braga é ex-delegada de Defesa da Mulher de Tupã

A Rede Girassol, sistema de atuação conjunta entre agentes de segurança, saúde e assistência social de Tupã para superação da violência doméstica, foi debatido na quinta-feira, 27 de outubro, em Ourinhos (SP), numa reunião entre a Delegacia Seccional daquela região, dispositivos de proteção aos direitos humanos e Secretarias Municipais.

Duas representantes da Prefeitura de Tupã apresentaram para cerca de 15 profissionais de Ourinhos o funcionamento do Pacto para o Enfrentamento da Violência Contra a Mulher, que preconiza desde o acolhimento até o fortalecimento das vítimas de violência doméstica.

A oportunidade de levar o trabalho desenvolvido pelas equipes de Tupã para outros municípios surgiu por meio da delegada Seccional de Ourinhos, Cristiane Braga, ex-delegada de Defesa da Mulher de Tupã. “Tupã foi referência, iniciou o projeto, e deu o pontapé no que hoje é uma realidade no estado. Muito obrigada pela possibilidade de partilhar conosco, aqui em Ourinhos, este projeto que vamos difundir e multiplicar”, declarou a Seccional.

Dra. Cristiane Braga ressaltou ainda o impacto da união entre o poder público e a Secretaria de Segurança Pública para superação da violência intradomiciliar, e agradeceu o prefeito Caio Aoqui por viabilizar este novo compartilhamento de experiências.

Como porta-voz da Secretaria de Saúde, a Diretora de Departamento de Saúde Mental, Nilcea Guandalini, informou que por meio da parceria entre os diferentes setores é possível conquistar um suporte psicológico, social, humanitário e a conscientização popular sobre a violência contra a mulher.

Segundo Nilcea, o grande desafio é diminuir as ocorrências reiteradas. Para isso, o diálogo deve ser efetivo e contínuo, gerando confiança a fim de quebrar o ciclo. “Foi um trabalho muito bonito, com a participação de convidados e agente teve uma boa receptividade. Vale ressaltar que a doutora Cristiane foi mentora da Rede Girassol, hoje como Delegada Seccional de Ourinhos, nos engrandece com esse convite para mostrar o projeto elaborado em Tupã em outro município”.

Os presentes debateram a vantagem da unificação dos serviços como estratégia de redução de vítimas reincidentes. Sendo essencial reparar a relação familiar rompida, e focar na identificação dos problemas e não a criminalização do agressor ou a separação do casal.

Em nome do Conselho Municipal dos Direitos da Mulher, a presidente Raquel Machado, enfatizou a importância do suporte às mulheres vítimas de violência e do fortalecimento do projeto junto aos juízes, promotores, professores, chefes do executivo, secretários municipais e a comunidade.

O prefeito de Ourinhos, Lucas Pocay, esteve no encontro e destacou que os equipamentos funcionam conforme as diretrizes, faltando apenas criar uma rede propriamente dita.

“A Rede Girassol integrou as ações, isso dá mais efetividade aos resultados. Então, acho que é isso que a gente precisa fazer aqui. Conscientizar a população, alertar sobre os fatos e, ao mesmo tempo, entendermos melhor o problema, para atingirmos mais famílias”, o prefeito Lucas Pocay destacou ainda a proximidade com o prefeito de Tupã, Caio Aoqui, e o parabenizou pelo olhar especial dado à luta contra a violência doméstica.

Formalização da Rede Girassol

Na quarta-feira (26), o prefeito Caio Aoqui recebeu um pedido de formalização do Pacto para o Enfrentamento da Violência Contra a Mulher. O objetivo é tornar esta ferramenta de superação da violência um dispositivo municipal contínuo e independente dos agentes envolvidos.

O poder executivo estuda se irá criar um projeto de lei, promulgar um decreto ou uma resolução, para que o protocolo seguido pela Rede Girassol esteja previsto na legislação municipal.

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Email
Imprimir

Sobre o autor

Equipe Tupãense Notícias

Equipe Tupãense Notícias

O portal Tupãense reúne os melhores produtores de conteúdo da região para fornecer a você notícias de alta qualidade.

Últimas notícias

Últimas notícias

Últimas notícias

Últimas notícias

Proibida a reprodução total ou parcial.

Para licenciar este conteúdo e reproduzi-lo
entre em contato com nossa equipe comercial.