Funcionária de Velório em Bastos foi presa por cobrar valores de forma indevida

Uma ocorrência de estelionato envolvendo uma funcionária do Velório de Bastos foi registrada nesta terça-feira, ela teria cobrado de forma indevida um homem pelo enterro de sua mãe, que aconteceu no dia anterior.

O senhor de 45 anos de idade fez o enterro da mãe na data de ontem (28) e procurou o velório hoje (29) para realizar a documentação necessária referente ao pagamento do terreno.

Segundo ele relatou para os policiais, ao chegar no local foi atendido por determinada funcionária que informou o preço do terreno e da placa perpétua, R$1.144,00 e que o mesmo deveria ser pago diretamente para ela.

Após pagar o valor e sair do local outra funcionária explicou para ele que aquele pagamento não era daquela forma, assim o cidadão retornou e questionou a mulher que havia exigido o dinheiro.

Quando o homem falou que iria chamar a polícia a funcionária disse que não era necessário e que devolveria o valor, com a chegada dos policiais ela imediatamente devolveu o valor recebido indevidamente.

A polícia ainda entrou em contato com o responsável pelo velório, que informou que realmente aquele não era o procedimento, o correto seria o pagamento de um boleto e posteriormente a apresentação do comprovante.

Diante dos fatos foi dada voz de prisão para a funcionária, a mulher de 24 anos de idade foi conduzida até a Central de Polícia Judiciária, onde o Delegado de Plantão Dr. Welington Ubiratã ratificou a prisão por estelionato/fraude.

Atenderam a ocorrência o Cabo Morini e o Cabo Pollato, da Polícia Militar.

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Email
Imprimir

Sobre o autor

Equipe Tupãense Notícias

Equipe Tupãense Notícias

O portal Tupãense reúne os melhores produtores de conteúdo da região para fornecer a você notícias de alta qualidade.

Mais notícias

Últimas notícias

Últimas notícias

Últimas notícias

Últimas notícias

Proibida a reprodução total ou parcial.Para licenciar este conteúdo e reproduzi-lo entre em contato com nossa equipe comercial.