Conheça os diferentes sintomas da H3N2, dengue, covid-19 e H1N1

Avanço da vacinação já aponta redução dos casos de internação pela covid-19

Diante do aumento da procura por atendimentos médicos nas Unidades de Saúde de Tupã referentes aos sintomas gripais, a Secretaria Municipal de Saúde, por meio do Departamento de Vigilância em Saúde, esclarece à população sobre como diferenciar sintomas da H3N2, dengue, covid-19 e H1N1.

A grande procura se deu com a recente descoberta da variante H3N2 do vírus Influenza e da infecção mútua entre este com a covid-19 em diversos estados brasileiros, fazendo com que grande parte da população confundissem os sintomas gripais com os sintomas do coronavírus.

Em Tupã, a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) chegou a atender, em apenas um dia, mais de 300 casos de pessoas com síndromes gripais, ocasionando no aumento de suspeitos da covid-19.

O alerta é ainda mais importante pois, ao considerar sintomas como dores de cabeça, tosse e espirros, que são comuns entre as duas infecções, a pessoa pode amenizar a situação e, caso esteja contaminada pelo coronavírus, passa a infectar outras pessoas sem ter conhecimento.

Segundo informações da Secretaria responsável, os munícipes com quadro de sintomas gripais devem procurar primeiramente a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) para que a suspeita de infecção pela covid-19 seja descartada.

“Em caso de resultado positivo o paciente é imediatamente isolado e as equipes da Vigilância em Saúde operam todo o protocolo de orientações para evitar novos contágios. No entanto, pedimos para que, mesmo com resultado negativo, o paciente com sintomas gripais permaneça em isolamento de 10 a 14 dias para que o quadro de saúde se normalize e os sintomas sejam amenizados. Assim, pode ser evitado o contágio pelos vírus da Influenza e, consequentemente, o aumento dos casos suspeitos da doença”, alertou a diretora de Departamento de Vigilância em Saúde, Joselaine Pio Rocha.

O prefeito Caio Aoqui acrescentou que, mesmo com as recentes divulgações dos boletins epidemiológicos que apontam grandes números de pessoas infectadas pela covid-19 e ainda em período de transmissão, as taxas de ocupação dos leitos de UTI e enfermaria se mostram muito diferentes de meses atrás, onde os números de infectados eram semelhantes.

“No dia 3 de julho de 2021, por exemplo, a Prefeitura divulgou boletim epidemiológico com um total de 215 pessoas em período de transmissão, número semelhante ao último boletim divulgando nesta quinta-feira (6), que totaliza 207 pessoas. Porém, se observarmos o comparativo de internações temos uma grande queda. No dia 3 de julho tínhamos uma ocupação de 76% dos 50 leitos clínicos de UTI e enfermaria ocupados, incluindo os leitos extras. Já no boletim mais recente, apenas 4% destes leitos estão sendo ocupados, sendo 2 pessoas na ala da enfermaria”, apontou.

O chefe do Executivo continuou explicando sobre a redução. “Isso mostra que, mesmo com muitas pessoas infectadas pela covid-19, os quadros clínicos permanecem brandos, sem trazer grandes complicações para a saúde dos infectados e resultando na necessidade de internação. Esta é a eficácia da vacinação da população, que em Tupã, segue avançando graças aos esforços das equipes da Saúde”, disse.

No município de Tupã o número de vacinados com a 1º dose ou dose única da vacina contra a covid-19 já atingiu a porcentagem de 84,7%; já com a 2ª dose o número chegou em 78,3%. A 3ª dose ou dose de reforço aponta 25,3% da população vacinada. Lembrando que os números se comparam à estimativa populacional de Tupã segundo dados do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) em 2021.

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Email
Imprimir

Sobre o autor

Equipe Tupãense Notícias

Equipe Tupãense Notícias

O portal Tupãense reúne os melhores produtores de conteúdo da região para fornecer a você notícias de alta qualidade.

Mais notícias

Últimas notícias

Últimas notícias

Últimas notícias

Últimas notícias

Proibida a reprodução total ou parcial.Para licenciar este conteúdo e reproduzi-lo entre em contato com nossa equipe comercial.