Homem gasta quase 6 mil em prostíbulo e chama mãe para pagar dívida

Um homem recorreu à ajuda da mãe para se safar após contrair uma dívida de quase R$ 6 mil em um prostíbulo da cidade de São José do Rio Preto, interior de São Paulo

Um homem recorreu à ajuda da mãe para se safar após contrair uma dívida de quase R$ 6 mil em um prostíbulo da cidade de São José do Rio Preto, interior de São Paulo. O caso foi noticiado pelo UOL.

O corretor de imóveis de 31 anos foi à casa de entretenimento adulto na madrugada do último domingo. Entre bebidas e serviços sexuais das mulheres que trabalham no local, gastou nada menos do que R$ 5,7 mil.

O rapaz foi surpreendido pelo valor e não tinha dinheiro suficiente para arcar com a despesa. Segundo o boletim de ocorrência, o rapaz, que é casado, deixou o carro no estabelecimento e foi embora.

Momentos depois, ele retornou acompanhado da própria mãe, uma idosa aposentada de 68 anos. Também sem dinheiro suficiente, ela tentou negociar o valor com a proprietária do prostíbulo, mas sem sucesso.

Inicialmente, a senhora sugeriu deixar o documento do veículo no local, como garantia, mas ficou com medo que o mesmo, que era alugado fosse retido.

Polícia foi chamada

A idosa, então, chamou a Polícia Militar que a levou junto com o filho e a proprietária do estabelecimento à delegacia. O delegado de plantão, porém, entendeu que não havia situação criminal e que o assunto deveria ser resolvido entre as partes.

Uma ocorrência não criminal foi registrada e todos foram liberados. Não há informações sobre o pagamento da dívida.

Fonte: Portal Yahoo/Redação RBN

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no print
Imprimir

Sobre o autor

Equipe Tupãense Notícias

Equipe Tupãense Notícias

O portal Tupãense reúne os melhores produtores de conteúdo da região para fornecer a você notícias de alta qualidade.

Mais notícias

Últimas notícias

Últimas notícias

Últimas notícias

Últimas notícias

Proibida a reprodução total ou parcial. Para licenciar este conteúdo e reproduzi-lo entre em contato com nossa equipe comercial.