Clima seco aumenta a atenção a focos de incêndio às margens das rodovias

imagem ilustrativa

CART, Usinas Sucroalcooleiras, Corpo de Bombeiros, Defesa Civil e Policiamento Rodoviário mantêm plano de ação em uma extensão de 34 municípios

A vegetação severamente atingida pelo clima seco favorece a propagação de incêndios de grandes proporções, a exemplo da ocorrência em área nas proximidades da SP-270 – Rodovia Raposo Tavares, em Martinópolis. Na fase vermelha para o risco de focos de incêndios, que segue até outubro, São Paulo coloca em prática o acompanhamento intensivo de pontos críticos. De Bauru a Presidente Epitácio, a CART e parceiros mantêm um plano de ação robusto para agir, com rapidez e eficiência, a partir da identificação de qualquer intercorrência.

Somente no ano passado, na SP-225 – Rodovia João Baptista Cabral Rennó; SP-327 – Orlando Quagliato e SP-270 – Raposo Tavares, foram combatidos 82 focos de incêndios. No acumulado de janeiro a junho deste ano, a Concessionária registrou 35 ocorrências, redução de 18,60% comparado ao primeiro período do ano passado, encerrado com 35 atendimentos, reflexo da ação coordenada entre os parceiros. Em julho de 2021, a CART registrou 08 focos de incêndio em todo o trecho.

A rápida mobilização no controle de chamas na vegetação e canaviais é resultado de atuação da CART, do Grupo de Transportes de Canavieiros, de 15 usinas distribuídas, Corpo de Bombeiros, Defesa Civil no trecho sob concessão e da PMRv – Polícia Militar Rodoviária. A comunicação efetiva é sempre reforçada em reuniões periódicas de técnicos especialistas em segurança rodoviária da concessionária, transportadores da produção canavieira e representantes das usinas Sucroalcooleiras.

“Para os deslocamentos, viaturas de irrigação (pipas) da CART estão posicionadas em pontos estratégicos visando o deslocamento mais rápido e eficaz sempre que solicitadas, além de contar com viaturas de inspeção 24h atentas a qualquer intercorrência. Contamos com todos os parceiros mencionados, sempre em prontidão e preparados para combate, desde uma ocorrência simples até de maiores relevâncias, afirma Luis Santos, gerente de Operações da CART.  

Segurança

As queimadas comprometem a segurança do motorista, já que a fumaça reduz a visibilidade, o que pode levar a acidentes, principalmente colisões traseiras. No caso do motorista se deparar com alguma queimada na rodovia, além de avisar os órgãos competentes, ele pode tomar algumas precauções para prevenir acidentes:

  • Fechar os vidros do veículo;
  • Manter distância segura do veículo da frente;
  • Manter os faróis baixos ligados;
  • Não ligar o pisca-alerta com o veículo em movimento;
  • Não parar na faixa de rolamento;
  • Se precisar parar, fazer em locais seguros, fora da rodovia ou em postos de serviço, até que se dissipe a fumaça e se possa viajar com segurança.
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no print
Imprimir

Sobre o autor

Equipe Tupãense Notícias

Equipe Tupãense Notícias

O portal Tupãense reúne os melhores produtores de conteúdo da região para fornecer a você notícias de alta qualidade.

Mais notícias

Últimas notícias

Últimas notícias

Últimas notícias

Últimas notícias

Proibida a reprodução total ou parcial. Para licenciar este conteúdo e reproduzi-lo entre em contato com nossa equipe comercial.