Após denúncia que marginais tentavam aplicar golpe em agência bancária de Tupã, Polícia Civil e Militar prende dupla por furto duplamente qualificado

Mais uma vez a união das Polícias Civil e Militar faz a diferença em Tupã. Não é de hoje que as forças de segurança constataram que criminosos da Capital e de grandes cidades têm buscado as cidades menores para elegeram seus alvos e cometerem crimes.

Neste sábado (28/08) por volta de 13h, os policiais militares Bertholdo e Guevara, que realizavam patrulhamento pela cidade foram avisados por um cidadão que havia dois homens suspeitos em frente ao Banco do Brasil. Se deslocaram até a agência e encontraram os homens conversando na praça.

Cada qual tomou um rumo ao verificar a aproximação da viatura, mas foram abordados. Ambos traziam consigo mais de R$ 2.000,00 em notas de 100 e 50. Os homens foram apresentados na Central de Polícia Judiciária, tendo um deles fornecido um nome falso.

A identidade dele foi descoberta pelo setor de inteligência da Polícia Civil, constatando-se que ele era PROCURADO da justiça. Apesar de as câmeras de segurança tê-los captado abordando clientes, não foi possível naquele momento, saber se haviam cometido algum crime, muito embora tenham sido localizados aparatos de fita isolante instalados nos caixas eletrônicos.

Os Policiais Civis Marcelo Benites Paveloski e Alessandro Ribeiro Teixeira conseguiram identificar em investigação, que os homens poderiam estar usando um veículo Fiat Argo, muito embora ambos negassem envolvimento com o carro.

Como nada de ilícito recaia sobre um deles, ele acabou sendo liberado, porém, os investigadores realizaram campana próximo ao carro suspeito e abordaram o autor que acabara de ser liberado, entrando no carro. Ali, encontraram uma porção de maconha e folhas de cheque que foram furtadas na cidade de Garça, de um idoso de 84 anos.

Em contato com a família da vítima, fomos informados de que além das folhas de cheque, os autores subtraíram R$ 1.500,00 da vítima. Ambos foram presos em flagrante pela prática do crime de Furto duplamente qualificado.

Há ainda a possibilidade de moradores de Tupã terem sido vítimas, uma vez que os autores agiram no interior da agência. Essa união entre a sociedade e as Polícias Civil e Militar só traz benefícios a todos. A equipe de plantão, coordenada pela Delegada Doutora Milena Davoli, agindo com o auxílio de todos os Policiais Militares, mais uma vez mostrou que em Tupã, bandido não faz carreira.

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no print
Imprimir

Sobre o autor

Equipe Tupãense Notícias

Equipe Tupãense Notícias

O portal Tupãense reúne os melhores produtores de conteúdo da região para fornecer a você notícias de alta qualidade.

Mais notícias

Últimas notícias

Últimas notícias

Últimas notícias

Últimas notícias

Proibida a reprodução total ou parcial. Para licenciar este conteúdo e reproduzi-lo entre em contato com nossa equipe comercial.