EXCLUSIVO: Alana Maldonado vive expectativa do ouro paralímpico

Judoca Tupãense já está em Tóquio e segue ritmo intenso de treinos em busca da medalha

Após a histórica medalha de prata nas paralimpíadas do Rio de Janeiro, em 2016, a judoca tupãense Alana Maldonado busca alcançar o lugar mais alto do pódio, a tão sonhada medalha de ouro. Foram anos de treino intenso e aperfeiçoamento de técnicas para alcançar o objetivo.

Em entrevista para o site Tupãense, Alana contou sobre a expectativa da estréia e sobre a preparação para a data

“A minha luta será no dia 29 às 11h (no Brasil dia 28 às 23h). É o maior evento esportivo do mundo, onde estão os melhores. A ansiedade é normal, mas me sinto preparada para ser campeã paraolímpica.”

A judoca também relatou que treina em horários semelhantes ao da luta, para poder acostumar o corpo ao fuso horário do Japão. E mesmo em ritmo forte de preparação, Alana não esquece a família aqui do outro lado do planeta.

“É complicado! Mas sempre antes do café da manhã eu ligo para a minha avó e para os meus pais por vídeo. Dá pra matar a saudade e isso me tranquiliza. Mas o foco continua aqui!”

Alana disputa a categoria -70kg, a mesma em que conquistou a medalha de prata e também onde lidera o ranking mundial. A adversária será conhecida apenas um dia antes da luta, e a final está marcada para o dia 29 às 17h (5h da manhã no Brasil).

Otimista, a judoca deixa uma mensagem aos tupãenses

“Sei do meu potencial e do quanto trabalhei para chegar até aqui. É um sonho estar representando o meu país e a minha cidade. Peço a todos que continuem torcendo.”

Os Jogos Paralímpicos começam na próxima segunda-feira (23). A cerimônia de abertura está marcada para às 08h (horário de Brasília).

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Email
Imprimir

Sobre o autor

Equipe Tupãense Notícias

Equipe Tupãense Notícias

O portal Tupãense reúne os melhores produtores de conteúdo da região para fornecer a você notícias de alta qualidade.

Mais notícias

Últimas notícias

Últimas notícias

Últimas notícias

Últimas notícias

Proibida a reprodução total ou parcial.

Para licenciar este conteúdo e reproduzi-lo
entre em contato com nossa equipe comercial.