Polícia Militar Ambiental surpreende pescadores com petrechos proibidos em Queiroz

Durante patrulhamento na sexta-feira (13) por volta das 21h40min, a Polícia Militar Ambiental realizou vistoria de pesca no Rio Caingangs, nas proximidades do bairro Barreirão, município de Queiroz/SP.

No local foram abordados dois pescadores e após vistoria pela área foi encontrado um molinete e duas redes de emalhar, que estavam armadas no rio.

A Equipe retirou os petrechos, sendo que em uma das redes havia um peixe da espécie piau-três-pintas.

A primeira rede retirada media 8 metros de comprimento por 1,5 metros de altura e malhas de 100 milímetros de largura. A segunda media 9 metros de comprimento por 1,8 metros de altura e malhas de 80 milímetros de largura, o peixe que já estava morto pesou 0,25kg.

Os pescadores realizavam a pesca amadora e o uso de redes é proibido para a categoria e até mesmo para a pesca profissional em rios, devido a largura das suas malhas. 

Diante dos fatos foram lavrados em desfavor de ambos dois Autos de Infração Ambiental no valor de R$ 2.010,00 (dois mil e dez reais) cada um, por pescar mediante utilização de petrechos não permitidos. Os valores das multas foram majorados ao dobro em razão do cometimento da infração em período noturno.

As redes foram apreendidas e depositadas na sede da Base Operacional de Tupã, o peixe foi pesado, fotografado e descartado pelo fato de estar impróprio para consumo humano.

Os demais procedimentos legais foram tomados e as informações repassadas para a Delegacia de Polícia.

Atenderam a ocorrência os Policiais Militares Ambientais 2º Sargento Santos, Cabo Padovesi e Cabo Glaucimir.

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no print
Imprimir

Sobre o autor

Equipe Tupãense Notícias

Equipe Tupãense Notícias

O portal Tupãense reúne os melhores produtores de conteúdo da região para fornecer a você notícias de alta qualidade.

Mais notícias

Últimas notícias

Últimas notícias

Últimas notícias

Últimas notícias

Proibida a reprodução total ou parcial. Para licenciar este conteúdo e reproduzi-lo entre em contato com nossa equipe comercial.