Quem é Lázaro? O Serial Killer que está aterrorizando Goiás

Em 9 de junho, o Incra 9 amanheceu com uma notícia que seria apenas o início do terror que assolaria o local: a morte de três homens e o desaparecimento de uma mulher. O Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal (CBMDF) foi acionado, na madrugada daquela quarta-feira (9/6), para atender uma ocorrência de agressão física com uso de faca, no entanto, encontrou um triplo homicídio. O empresário Cláudio Vidal de Oliveira, 48 anos, e os filhos dele, Gustavo Marques Vidal, 21, e Carlos Eduardo Marques Vidal, 15, eram as vítimas. 

As buscas por Cleonice já completavam 24 horas quando a PCDF descobriu outra invasão em uma chácara próximo ao local onde a empresária foi sequestrada. Lázaro foi reconhecido pela nova vítima, Silvia Campos de Oliveira, 40 anos. Durante três horas da tarde de quinta-feira (10/6), ela, o caseiro, identificado como Anderson, 18, foram mantidos como reféns. 

Na madrugada de sexta-feira (11/06), a busca por Lázaro e Cleonice ultrapassaram a fronteira do Distrito Federal. O suspeito invadiu uma chácara em Ceilândia por volta das 20h, fez o caseiro refém e roubou um veículo, um Palio branco, que usou para se dirigir até Cocalzinho de Goiás (GO), às 3h30. Lá, na BR-070, Lázaro incendiou o carro. Durante toda a sexta-feira, cerca de 80 policiais civis e militares do DF e Entorno, auditores fiscais e rodoviários federais estavam no município goiano para encontrar Lázaro. 

Ainda na cidade, Lázaro invadiu outra chácara, fez um caseiro de refém e o obrigou a cozinhar no sábado (12/6). Depois, invadiu outra residência e baleou três homens, que ficaram em estado grave. No fim da noite, ateou fogo em outra chácara. Foi neste mesmo dia, na tarde de sábado (12/6), que Cleonice foi encontrada, sem vida, por familiares e vizinhos em um córrego próximo ao local em que morava. 

No domingo (13/6), o suspeito roubou um carro, crime denunciado pelo dono aos mais de 200 policiais mobilizados na cidade de Cocalzinho. O veículo foi encontrado às margens da BR-070, próximo a Edilândia (GO), local em que as buscas foram intensificadas. 

Na segunda-feira (14/6), Lázaro trocou tiros com o caseiro de uma chácara na região e possivelmente se feriu, segundo testemunho da vítima. 

Nesta terça (15/6) ele foi filmado por câmeras de segurança em outra fazenda e pegou água da geladeira.

O delegado Rapahel Barboza informou que suspeito entrou na propriedade atirando e que não levou nenhum pertence da vítima. 

“Já chegou atirando. O rapaz foi alvejado e, nisso, o pessoal que estava em outra casa foi em direção ao local do ocorrido e ele empreendeu fuga. A princípio, não levou nada, mas houve o homicídio”, disse.

Lázaro Barbosa, de 32 anos continua foragido.

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no print
Imprimir

Sobre o autor

Equipe Tupãense Notícias

Equipe Tupãense Notícias

O portal Tupãense reúne os melhores produtores de conteúdo da região para fornecer a você notícias de alta qualidade.

Mais notícias

Últimas notícias

Últimas notícias

Últimas notícias

Últimas notícias

Proibida a reprodução total ou parcial. Para licenciar este conteúdo e reproduzi-lo entre em contato com nossa equipe comercial.