Quem é Lázaro? O Serial Killer que está aterrorizando Goiás

Em 9 de junho, o Incra 9 amanheceu com uma notícia que seria apenas o início do terror que assolaria o local: a morte de três homens e o desaparecimento de uma mulher. O Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal (CBMDF) foi acionado, na madrugada daquela quarta-feira (9/6), para atender uma ocorrência de agressão física com uso de faca, no entanto, encontrou um triplo homicídio. O empresário Cláudio Vidal de Oliveira, 48 anos, e os filhos dele, Gustavo Marques Vidal, 21, e Carlos Eduardo Marques Vidal, 15, eram as vítimas. 

As buscas por Cleonice já completavam 24 horas quando a PCDF descobriu outra invasão em uma chácara próximo ao local onde a empresária foi sequestrada. Lázaro foi reconhecido pela nova vítima, Silvia Campos de Oliveira, 40 anos. Durante três horas da tarde de quinta-feira (10/6), ela, o caseiro, identificado como Anderson, 18, foram mantidos como reféns. 

Na madrugada de sexta-feira (11/06), a busca por Lázaro e Cleonice ultrapassaram a fronteira do Distrito Federal. O suspeito invadiu uma chácara em Ceilândia por volta das 20h, fez o caseiro refém e roubou um veículo, um Palio branco, que usou para se dirigir até Cocalzinho de Goiás (GO), às 3h30. Lá, na BR-070, Lázaro incendiou o carro. Durante toda a sexta-feira, cerca de 80 policiais civis e militares do DF e Entorno, auditores fiscais e rodoviários federais estavam no município goiano para encontrar Lázaro.

Ainda na cidade, Lázaro invadiu outra chácara, fez um caseiro de refém e o obrigou a cozinhar no sábado (12/6). Depois, invadiu outra residência e baleou três homens, que ficaram em estado grave. No fim da noite, ateou fogo em outra chácara. Foi neste mesmo dia, na tarde de sábado (12/6), que Cleonice foi encontrada, sem vida, por familiares e vizinhos em um córrego próximo ao local em que morava. 

No domingo (13/6), o suspeito roubou um carro, crime denunciado pelo dono aos mais de 200 policiais mobilizados na cidade de Cocalzinho. O veículo foi encontrado às margens da BR-070, próximo a Edilândia (GO), local em que as buscas foram intensificadas. 

Na segunda-feira (14/6), Lázaro trocou tiros com o caseiro de uma chácara na região e possivelmente se feriu, segundo testemunho da vítima. 

Nesta terça (15/6) ele foi filmado por câmeras de segurança em outra fazenda e pegou água da geladeira.

O delegado Rapahel Barboza informou que suspeito entrou na propriedade atirando e que não levou nenhum pertence da vítima. 

“Já chegou atirando. O rapaz foi alvejado e, nisso, o pessoal que estava em outra casa foi em direção ao local do ocorrido e ele empreendeu fuga. A princípio, não levou nada, mas houve o homicídio”, disse.

Lázaro Barbosa, de 32 anos continua foragido.

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Email
Imprimir

Sobre o autor

Equipe Tupãense Notícias

Equipe Tupãense Notícias

O portal Tupãense reúne os melhores produtores de conteúdo da região para fornecer a você notícias de alta qualidade.

Mais notícias

Últimas notícias

Últimas notícias

Últimas notícias

Últimas notícias

Proibida a reprodução total ou parcial.

Para licenciar este conteúdo e reproduzi-lo
entre em contato com nossa equipe comercial.