Sincomerciários intensifica campanha para vacinação de comerciários e comerciantes

O Sincomerciários Tupã está intensificando o trabalho com foco em cobrar das autoridades a vacinação imediata dos profissionais do comércio (comerciários e comerciantes) contra a covid-19.  O objetivo é garantir a imunização das categorias para que a atividade comercial, uma das mais representativas da economia na região, possa ser plenamente mantida em funcionamento, minimizando os riscos para os consumidores, comerciários e comerciantes.

Nesta semana, o presidente da entidade, Amauri Mortágua, já se reuniu com os prefeitos de Tupã, Caio Aoqui; de Adamantina, Ricardo Cardim; e de Osvaldo Cruz, Vera Lúcia Alves. Diretores do Sincomerciários também fizeram reuniões com a prefeita de Lucélia, Tati Guilhermino; de Sagres, Beto Pires; de Salmourão, Sônia Gabau; e de Rinópolis, José Ferreira de Oliveira Neto; e com assessores ou secretários de saúde em outros municípios, para apresentar a reivindicação. Além dos Prefeitos, vereadores também estão recebendo  documentação do Sindicato, contendo a reivindicação e estudos comprobatórios da prioridade do setor, em face dos critérios de priorização adotados até o momento.

Segundo informações do Sindicato, todos os prefeitos e vereadores dos 19 municípios que compõem a base territorial da entidade já receberam a documentação.

Amauri ressaltou que quando ocorre sobra por excesso, ou, o mais comum, pelo não comparecimento de pessoas que deveriam se vacinar, sobra esta que está sendo chamada de “xepa”, alguns municípios estão vacinando os comerciários, iniciando pelos caixas de supermercados, como é o caso de cidades próximas como Ourinhos, Maracaí, Rancharia, e de outras que estão na fase de cadastramento de comerciários do setor para iniciar esta vacinação, como Paraguaçu Paulista e Lins.

Isto, esclarece Amauri, está ocorrendo independente do cronograma de vacinação do estado; é decisão municipal em utilizar esta vacina para grupos de risco como o caso dos comerciários e de comerciantes.

Ao mesmo tempo, o Sindicato está solicitando que os Prefeitos e Vereadores de todas as cidades apoiem que o governo do estado inclua os trabalhadores no comércio como prioritários, para que também recebam vacinas específicas para o setor.

“Defendemos desde sempre a vacinação para todos e ao mesmo tempo. No entanto, como isto não foi providenciado, encontramos a realidade das prioridades no país e, dentro dos critérios que se apresentam, sem dúvida alguma, os comerciários se enquadram plenamente em todos os seus requisitos. A categoria é responsável pelo atendimento ao consumidor, trabalho no qual é necessário e indispensável o contato direto com o público na linha de frente e, em razão disto, está permanentemente exposta à contaminação do novo coronavírus em supermercados e em todas as lojas em qualquer tipo de estabelecimento comercial. A trabalho no comércio é permanente e não pode ser realizado em casa, sendo uma das categorias que está na ativa direto, desde o início da pandemia. Neste caso também estão os comerciantes”, acrescentou Amauri Mortágua.

Citando reportagem publicada pelo jornal Folha de S. Paulo no início de junho, Amauri destacou que os trabalhadores do comércio são uma das categorias mais afetadas pela pandemia. “Entre as atividades ocupacionais que mais registram mortes por COVID-19 na cidade de São Paulo, entre março de 2020 e o mesmo mês deste ano, estão funcionários do comércio, empregadas domésticas, pedreiros e motoristas de táxi e de aplicativo, de acordo com pesquisa feita pelo Instituto Poli com base em dados da Secretaria Municipal de Saúde”, enumerou.

“Ao serem vacinados de forma prioritária, comerciários e comerciantes vão preservar, além da própria saúde e vida, a de todos os consumidores que atendem e convivem diariamente nas lojas, supermercados, e com os quais se relacionam profissionalmente. Imunizados, no menor tempo possível, sem dúvida alguma, serão agentes e colaboradores para a contenção da propagação da covid-19”, concluiu Amauri.

Mobilização

Além da distribuição de cerca de dez mil boletins nos estabelecimentos comerciais da região, de sua página na internet e da atuação nas redes sociais, o Sincomerciários lançou também uma campanha de mobilização que pretende atingir não somente a categoria, mas toda a sociedade. Através da #Comerciárioéprioritário, a população pode fazer postagens de apoio à reivindicação bem como manter contato com prefeitos, vereadores e outras autoridades pedindo a inclusão de comerciários e comerciantes entre os grupos prioritários para a vacinação.

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no print
Imprimir

Sobre o autor

Equipe Tupãense Notícias

Equipe Tupãense Notícias

O portal Tupãense reúne os melhores produtores de conteúdo da região para fornecer a você notícias de alta qualidade.

Mais notícias

Últimas notícias

Últimas notícias

Últimas notícias

Últimas notícias

Proibida a reprodução total ou parcial. Para licenciar este conteúdo e reproduzi-lo entre em contato com nossa equipe comercial.