Mais 51 pessoas foram multadas neste final de semana em Tupã

Equipes da Vigilância Sanitária e da PM coibiram casos de aglomeração e festa clandestina

Com o objetivo de coibir o avanço dos casos de coronavírus na cidade, a Prefeitura, em parceria com a Polícia Militar, intensificou ainda mais as ações de fiscalização, que vem sendo realizadas desde o início da pandemia.

Para garantir o cumprimento das medidas restritivas previstas no Plano São Paulo de enfrentamento à Covid-19, mais 51 pessoas foram multadas no seu CPF.

As ações, que foram iniciadas na noite da última sexta-feira (7/05) foram encerradas somente na madrugada desta segunda-feira (10/05).

Além de multar as pessoas flagradas em vias públicas após o início do período de restrição de circulação determinado pelo Plano São Paulo, as equipes também atenderam a 3 denúncias encaminhadas à Polícia Militar, incluindo um caso de festa clandestina.

Quem foi autuado em espaços públicos, desrespeitando as restrições e participando de aglomerações foi multado em 19 UFESPs (Unidade Fiscal do Estado de São Paulo), o que corresponde a R$ 552,71.

As equipes também fiscalizaram chácaras, campos de futebol e espaços públicos e orientaram todos os estabelecimentos comerciais que funcionam no período noturno localizados na área central.

Felizmente, todos os estabelecimentos seguiram as orientações e encerraram as atividades no horário determinado.  

O prefeito Caio Aoqui e o vice-prefeito Renan Pontelli consideraram a ação positiva e afirmaram que a fiscalização continuará sendo realizada para frear o aumento da doença na cidade.

Eles destacaram que apesar das inúmeras ações de conscientização e fiscalização que vem sendo realizadas pela prefeitura desde o início da pandemia, parte da população infelizmente ainda insiste em descumprir medidas sanitárias, mantendo aglomerações, não fazendo uso de máscaras e desobedecendo a restrição de circulação, contribuindo assim para disseminar a doença.  

“Infelizmente algumas pessoas ainda não compreenderam a gravidade da situação e não estão seguindo as medidas restritivas necessárias para evitar a propagação da Covid-19. E o resultado disso é o grande crescimento de novos casos registrado nas últimas semanas. Estamos com a UTI da Santa Casa com 100% de ocupação desde o início de março e nos últimos dias os leitos de enfermaria também atingiram 100% de ocupação. A situação é grave, por isso vamos continuar intensificando a fiscalização para reduzir os índices de transmissão e tentar evitar ao máximo novos casos da doença”, afirmou Caio.

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Email
Imprimir

Sobre o autor

Equipe Tupãense Notícias

Equipe Tupãense Notícias

O portal Tupãense reúne os melhores produtores de conteúdo da região para fornecer a você notícias de alta qualidade.

Mais notícias

Últimas notícias

Últimas notícias

Últimas notícias

Últimas notícias

Proibida a reprodução total ou parcial.

Para licenciar este conteúdo e reproduzi-lo
entre em contato com nossa equipe comercial.