Cidade mais vacinada atrai empresas que podem gerar centenas de empregos

Após vacinação em massa da população contra a Covid-19, Serrana (SP), a cidade do Projeto S, está recebendo acenos do empresariado. Até o momento, 28 empresas formalizaram interesse em se instalar na cidade, que é a mais vacinada do estado de São Paulo.

Aliando o programa de imunização ao estudo da efetividade da vacina Coronavac, 65,2% dos 45.644 habitantes já estão imunizados. É com esse cenário que a prefeitura da cidade lançou um plano de desenvolvimento com benefícios fiscais às empresas que decidirem se instalar na cidade.

Um dos indicadores notados pela Secretaria Municipal de Saúde após o encerramento da fase de vacinação é a diminuição da busca por testes para Covid-19. Em março, os laboratórios da cidade chegavam a fazer 150 diagnósticos. Agora em maio, o número caiu para uma média de 15, segundo o Metrópoles apurou.

Sem casos graves, a cidade se vê apta a vender sua força de trabalho. Segundo o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), Serrana teve um saldo de 157 carteiras de trabalho assinadas até março de 2021. Com o plano de retomada, a Secretaria Municipal de Administração e Finanças estima gerar até 500 novos empregos a médio prazo.

A prefeitura prevê um Centro Empresarial que deverá alojar até 12 firmas de médio porte, além da expansão do Distrito Industrial já existente na cidade.

Serrana tem a economia baseada principalmente na lavoura de cana-de-açúcar que cerca toda a cidade e serve de matéria-prima para as usinas de etanol próximas. No projeto municipal, a cidade agora quer atrair a indústria têxtil, metalúrgica e de alimentos.

Fonte: Metrópoles

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no print
Imprimir

Sobre o autor

Equipe Tupãense Notícias

Equipe Tupãense Notícias

O portal Tupãense reúne os melhores produtores de conteúdo da região para fornecer a você notícias de alta qualidade.

Mais notícias

Últimas notícias

Últimas notícias

Últimas notícias

Últimas notícias

Proibida a reprodução total ou parcial. Para licenciar este conteúdo e reproduzi-lo entre em contato com nossa equipe comercial.