Por que está difícil achar Uber em Tupã?

Fizemos um levantamento com motoristas sobre as principais dificuldades do meio de transporte

Nos últimos dias a escassez de motoristas disponíveis no aplicativo Uber tem chamado a atenção. Recorrentemente vemos pessoas em grupos de whatsapp ou até mesmo no facebook procurando informações ou contato de motoristas parceiros para poderem realizar uma corrida.

O Tupãense ouviu alguns motoristas do aplicativo que elencaram fatores para a desistência da utilização da Uber.

O primeiro deles é o preço do combustível, que subiu sucessivamente nos primeiros 3 meses de 2021. As altas nos postos somadas aos trajetos curtos acabam tornando as corridas inviáveis para os motoristas. De janeiro a março deste ano a Petrobrás reajustou o preço do combustível 7 vezes, sendo somente uma vez para baixo.

O segundo ponto citado é a porcentagem que a Uber cobra dos motoristas por cada corrida. Os relatos dão conta de que atualmente a chamada “taxa de serviço” pode chegar a 40%. Mas nem sempre foi assim. Antigamente a taxa era de no máximo 25%.

No cenário atual, significa que uma corrida da Praça da Bandeira até o Parque do Atleta, orçada em R$ 7,55, poderia render ao motorista somente R$ 4,53.

Um valor bem abaixo do litro do combustível nos postos. Fora isso, a Uber só remunera o motorista a partir do momento em que o passageiro embarca. Todo o trajeto para se deslocar até o local de embarque é por conta do motorista.

O terceiro e derradeiro ponto é a crise do coronavírus que assola o nosso país. Muitos usuários jovens de escolas e faculdades utilizavam o serviço. Com as aulas online as chamadas caíram drasticamente. A instabilidade na abertura do comércio também fez as corridas estacionarem.

Fechando a conta, o aumento no número de desempregados fez com que mais pessoas se cadastrassem como motoristas parceiros, racionando o número de corridas.

Qual a saída?

Desde o ano passado falava-se da chegada do concorrente nacional “99 Táxis” em Tupã. Em outras cidades do interior como Marília e Presidente Prudente o serviço é muito requisitado devido aos preços mais baratos em relação ao Uber. A taxa, segundo os motoristas, também seria menor, tornando a margem de lucro favorável.

Até hoje, porém, não foi iniciado cadastro de motoristas no aplicativo. A saída foi montar uma cartela de clientes, abandonar a Uber e fazer corridas na mesma faixa de preço sem depender do app. Os valores variam de acordo com cada motorista, mas ainda assim são mais baratos que os táxis convencionais.

O contato é feito através de indicação ou então dos cartões que vários deles distribuem pessoalmente ou virtualmente.

Recentemente, duas empresas de transporte privado anunciaram a abertura do cadastro de motoristas para começar a operar em Tupã. A UrbanDrive e a Zoom.

Aguardamos para ver como será a prestação de serviço na cidade.

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no print
Imprimir

Sobre o autor

Equipe Tupãense Notícias

Equipe Tupãense Notícias

O portal Tupãense reúne os melhores produtores de conteúdo da região para fornecer a você notícias de alta qualidade.

Mais notícias

Últimas notícias

Últimas notícias

Últimas notícias

Últimas notícias

Proibida a reprodução total ou parcial. Para licenciar este conteúdo e reproduzi-lo entre em contato com nossa equipe comercial.