QUEIROZ DIVULGA RESULTADO DE PESQUISA: RETORNO ÀS AULAS PRESENCIAIS

O Governo Municipal de Queiroz através da Secretaria de Educação realizou pesquisa interativa com colaboração dos pais ou responsáveis legais  de 19/01 a 24/01, divulgado nas redes sociais, referente ao retorno das aulas presenciais na rede municipal de ensino.

De acordo com o resultado da pesquisa e diante do cenário atual, os pais ou responsáveis legais conscientes, apontaram que 69,9% consideram inadequada a retomada das aulas presenciais na creche e escolas da cidade de Queiroz no mês de fevereiro. Em contrapartida, 30,1%  acreditam que o município possui condições para esse retorno.

Entre os motivos mais citados contra a volta às aulas presenciais está o risco à saúde dos alunos, professores e outros profissionais da educação, além dos riscos que cada família estará exposta, as dificuldades de se manter distanciamento social e assegurar a higienização entre crianças pequenas e o uso de máscaras.  Dessa forma, acreditam que a contaminação pelo coronavírus vai aumentar caso haja uma retomada agora.

Com objetivo de continuidade segura dos estudos 71,1% optaram pelo retorno das aulas remotas.

Diante desse contexto, a Gestão Municipal juntamente com a Secretaria de Educação, Gestores das unidades e Secretaria de Saúde está adequando e priorizando um retorno que garanta a segurança de todos os envolvidos.

Estão sendo avaliados diariamente os protocolos sanitários constantes no “ PLANO SÃO PAULO” (Plano de Contingência para Enfrentamento a COVID-19 em instituições de Ensino)  e tomadas todas as medidas cabíveis para a retomada de forma adequada e segura.

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no print
Imprimir

Sobre o autor

Equipe Tupãense Notícias

Equipe Tupãense Notícias

O portal Tupãense reúne os melhores produtores de conteúdo da região para fornecer a você notícias de alta qualidade.

Mais notícias

Últimas notícias

Últimas notícias

Últimas notícias

Últimas notícias

Proibida a reprodução total ou parcial. Para licenciar este conteúdo e reproduzi-lo entre em contato com nossa equipe comercial.