Atenção básica de Tupã convida homens para check-ups

Unidades de saúde tiveram boa adesão dos pacientes à campanha

Neste mês, a Secretaria Municipal de Saúde oferece ações de prevenção e promoção da saúde voltadas ao bem-estar integral do homem.

A iniciativa, que faz parte da campanha Novembro Azul, está presente nas 16 unidades de Atenção Primária à Saúde.

Os check-ups nas unidades incentivam a mudança de comportamento dos homens em relação à saúde, para alertar para os benefícios do diagnóstico precoce do câncer e de outras doenças.

De acordo com a coordenadora das Unidades de Saúde da Família (USF), Mariana Parra Sanches, houve bastante procura pelos serviços. “A adesão dos pacientes ao Novembro Azul tem sido satisfatória. Não há uma área com mais atendimentos, por isso acredito que atingimos nossos objetivos e expectativas”, explicou.

A atenção primária em Tupã oferece aos homens a partir dos 50 anos, ou de 45 com fatores de risco, o exame PSA que ajuda a detectar alterações na próstata; aferição de pressão arterial; avaliação do índice de Massa Corpórea (IMC), para avaliar se o indivíduo está abaixo ou acima do peso ideal; checagem da caderneta de vacinação, se homem precisar de alguma vacina, ele a receberá; avaliação médica e odontológica e; solicitação de exames, caso o profissional de saúde julgue necessário.

Por causa da pandemia de coronavírus, a orientação é para que os pacientes agendem os atendimentos por telefone.

“Chegamos aos últimos dias da campanha, mas ainda dá tempo de ligar na unidade de saúde para assegurar consultas médicas, odontológicas e de enfermagem de modo individualizado e seguro”, afirmou Mariana.

Caso o homem não possa participar do Novembro Azul, ele pode procurar a USF ou UBS mais próxima durante todo o ano, das 7h às 17h, que acolhem as demandas, necessidades agudas e crônicas dos pacientes de segunda a sexta-feira.

O secretário de Saúde do município, dr. Miguel Ângelo de Marqui, destaca que a detecção precoce permite a cura de doenças como o câncer em cerca de 90%.

“Quanto mais cedo o diagnóstico, menores os efeitos colaterais. Os homens precisam vencer a barreira do preconceito, e se conscientizar da importância do cuidado com a saúde”, finalizou o médico.

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no print
Imprimir

Sobre o autor

Equipe Tupãense Notícias

Equipe Tupãense Notícias

O portal Tupãense reúne os melhores produtores de conteúdo da região para fornecer a você notícias de alta qualidade.

Mais notícias

Últimas notícias

Últimas notícias

Últimas notícias

Últimas notícias

Proibida a reprodução total ou parcial. Para licenciar este conteúdo e reproduzi-lo entre em contato com nossa equipe comercial.