Diga não ao bullying

Olá querido leitor do Tupãense! Tudo bem com você?

Hoje vamos falar sobre o bullying, mais um assunto muito IMPORTANTE!

O que é o bullying?

Bullying é uma situação que se caracteriza por agressões intencionais, físicas ou verbais, de maneira repetitiva, por uma ou mais pessoas contra uma pessoa ou mais.

Por que o autor pratica bullying?

Muitas vezes o autor quer ser mais popular, sentir-se poderoso e ganhar uma boa imagem de si. Por isso o autor atinge o colega muitas vezes com humilhações.

O autor sente-se satisfeito com a opressão do agredido, supondo ou antecipando quão dolorosa será aquela crueldade vivida pela vítima.

Onde ocorre o bullying?

O bullying costuma ocorrer em lugares de maior sociabilidade como faculdades, local de trabalho e bairros residenciais, e principalmente em escolas.

Quais as consequências para o aluno que é alvo do bullying?

A maioria dos alunos que sofrem bullying enfrentam medo e vergonha de ir à escola.

Podem querer abandonar os estudos ou se mudar de escola.

Quem é o alvo do bullying?

O alvo geralmente é uma criança com baixa autoestima e retraída tanto na escola quanto no lar. Muitas vezes por isso é difícil o jovem que sofre bullying começar a reagir, mas se o aluno pedir ajuda, a tendência é que a provocação cesse.

Os tipos de bullying

1 – Físico:

Inclui beliscões, socos, chutes, empurrões e afins. Aproximadamente 3% dos mais jovens pelo mundo passam por ele.

2 – Verbal:

É o mais comum: relatado por 13% dos estudantes. É composto de apelidos, xingamentos e provocações.

3 – Escrito:

Quando bilhetes, cartas, pichações, cartazes, faixas e desenhos depreciativos são usados para atacar os colegas.

4 – Material:

Ter seus pertences danificados, furtados ou atirados contra si faz parte da rotina de cerca de 5% das vítimas.

5 – Cyberbullying

A agressão se dá por meios digitais, como e-mail, fotos, vídeos e posts e, em pouco tempo, alcança muita gente. Devido à sua rápida disseminação, hoje a ofensa on-line chega a ser mais impactante nos círculos escolares.

6 – Social

Criar rumores, ignorar, fazer pouco caso, excluir ou incentivar a exclusão com objetivo de humilhar estão entre as artimanhas.

7 – Moral

A tática aqui é difamar, intimidar ou caluniar imitando ou usando trejeitos próprios do alvo como armas.

8 – Psicológico

Todos os tipos têm um componente que afeta a saúde mental, mas aqui se destaca a pressão na psique induzida por diversos meios.

Quem assiste o bullying pode ser considerado um “autor”?

Sim. O silêncio ou as risadas dos que estão em volta reforçam, ainda que sem intenção, ataques físicos ou verbais. Muitas vezes, essa conduta é fruto do medo de se tornar o próximo alvo.

O clima de insegurança também é prejudicial para quem está na plateia. Por outro lado, seu suporte ajuda a frustrar o bullying e coibir ações semelhantes. Afinal, quando as pessoas ao redor deixam de apoiar o bullying, o autor tende a ficar sozinho e parar de constranger os alvos.

Como combater o bullying?

Respeitar as diferenças:

Em casa e no colégio, crianças precisam aprender desde cedo que o preconceito só traz prejuízos a si e ao grupo. E devem ser estimuladas a enxergar as necessidades ou o sofrimento do outro, com o intuito de impedir ou frear atos ofensivos.

Intervir no ato do bullying:

Interferir no momento exato e apontar o que há de errado ajuda a evitar que o problema ganhe terreno, fuja do controle e fique posteriormente ainda mais grave. Sem contar que serve de exemplo para que outras crianças não cometam ou repitam comportamentos indesejáveis.

 Fingir que não tem problema:

Está aí um dos maiores erros quando o assunto é bullying. Muitos adultos encaram a questão como algo menor, passageiro ou simplesmente como parte da formação escolar.

Não dá para menosprezar as ofensas e suas consequências. O comportamento agressivo gera traumas, alguns deles difíceis de superar.

Fontes usadas para o desenvolvimento da matéria: https://saude.abri HYPERLINK “https://saude.abril.com.br/”l HYPERLINK “https://saude.abril.com.br/”.com.br/  http://asppe.org/  https://escoladainteligencia.com.br

Você que leu essa matéria, muito obrigado!

Mais informações exclusivas sobre essa e outras matérias estão na nossa página oficial do Facebook – facebook.com/AlgoA+

Acompanhe também as minhas redes sociais!

Instagram:
@gustavoguimaraes_oficial
Facebook:
Gustavo Guimaraes

Sempre tem muitas novidades por lá, e uma programação de lives exclusivas!

Espero vocês na quinta-feira, para mais uma matéria, se Deus quiser!

Use máscara!

Ótima semana!

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no print
Imprimir

Sobre o autor

Gustavo Guimarães

Gustavo Guimarães

Apresentador, influencer, ator, colunista, modelo e cantor! Segue o insta @gustavoguimaraes_oficial

Mais notícias

Últimas notícias

Últimas notícias

Últimas notícias

Últimas notícias

Proibida a reprodução total ou parcial.Para licenciar este conteúdo e reproduzi-lo entre em contato com nossa equipe comercial.