Dengue já ultrapassa 600 casos

Conforme o Portal da Secretaria de Saúde do Estado de São Paulo, em Tupã estão registrados 610 casos de DENGUE autóctones (origem no próprio município), isso até a 27 semana epidemiológica.

A melhor forma de combate à dengue é evitar a proliferação do mosquito Aedes Aegypti. Por isso, os agentes do departamento de Entomologia e Endemias percorrem os bairros da cidade e verificam diversas residências, com o objetivo de eliminar possíveis criadouros.

Em 2020, os agentes do Departamento de Entomologia e Endemias já realizaram 78.176 visitas aos imóveis da cidade e eliminaram 1.882 criadouros do mosquito. De acordo com o diretor do departamento, Marco Antônio de Barros – Marquinho da Dengue, a diminuição gradual de casos ocorreu devido à intensificação das visitas.

“Em julho deste ano, tivemos 12 casos confirmados de dengue, e com a intensificação das visitas, eliminação de criadouros e controle incisivo nas regiões que ainda registram casos da doença, a tendência é que esta quantidade diminua cada vez mais”, disse.

Ele explica que durante as vistorias, os agentes orientam os moradores sobre como evitar o surgimento de novos criadouros do mosquito. Sendo assim, são realizadas mais de uma visita na mesma residência.

“A prevenção é a principal forma de combate à dengue. Por isso, desde o ano passado, intensificamos as visitas nas casas, com foco na eliminação de criadouros em todos os tipos de imóveis. Este trabalho foi essencial e hoje, já conseguimos colher bons resultados, tanto que controlamos a epidemia do ano passado e mantemos os casos de dengue sob controle em 2020”, pontuou.

Como evitar criadouros

Para evitar criadouros do mosquito Aedes Aegypti na residência, algumas medidas simples podem sem eficazes e fazer a diferença. As principais recomendações, são: colocar areia nos pratos de plantas, inspecionar o quintal da residência constantemente em busca de recipientes com água parada, virar as garrafas com a boca para baixo, verificar calhas e telhados, limpar os bebedouros dos animais diariamente e descartar objetos que podem acumular água, como latas, pneus, entre outros.

Fonte: Assessoria de Imprensa da Prefeitura de Tupã e Secretaria de Saúde do Estado de SP

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Email
Imprimir

Sobre o autor

Equipe Tupãense Notícias

Equipe Tupãense Notícias

O portal Tupãense reúne os melhores produtores de conteúdo da região para fornecer a você notícias de alta qualidade.

Mais notícias

Últimas notícias

Últimas notícias

Últimas notícias

Últimas notícias

Proibida a reprodução total ou parcial.

Para licenciar este conteúdo e reproduzi-lo
entre em contato com nossa equipe comercial.