Procon de Tupã intensifica fiscalização contra aumento de preços

Consumidores devem denunciar aumento injustificado no valor de produtos relacionados ao controle do Coronavírus

O Procon de Tupã (Fundação de Proteção e Defesa do Consumidor) está ampliando a fiscalização nos estabelecimentos que aumentem, sem justa causa, os preços de produtos e serviços utilizados na prevenção ao Coronavírus, como álcool em gel 70%, máscaras e luvas. Além disso, o Procon de Tupã ressalta a importância de a população tupãense denunciar empresas que cometem este tipo de infração, caracterizada no Código de Defesa do Consumidor (CDC) como prática abusiva.

“Após a denúncia, as equipes de fiscalização realizam uma visita ao estabelecimento, analisam se houve aumento arbitrário dos preços e solicitam esclarecimento junto ao fornecedor, que poderá responder a processo administrativo e até ser multado caso a infração seja constatada”, explicou a Coordenadora do Procon de Tupã, Luana Garcia Maran.

Segundo ela, caso o consumidor se sinta prejudicado de alguma forma, ele pode fazer um registro anônimo de reclamações por meio do e-mail procon@tupa.sp.gov.br. O consumidor também poderá encaminhar denúncias pelo aplicativo “Procon”, disponível nas plataformas Android ou iOS (Play Store ou App Store), informando o nome do estabelecimento, endereço e a foto do produto.

Além do Procon de Tupã intensificar a fiscalização contra abusos, a Prefeitura também publicou decreto (nº 8.728/2020) que reforça a necessidade das denúncias. Lembrando que os órgãos de defesa do consumidor não podem intervir nos preços praticados pelos estabelecimentos, porém práticas abusivas são ilegais.

As reclamações relacionadas à contratos ou compras de serviços de hospedagem e passagens áreas, por exemplo, também estão previstas no CDC, visto que, as empresas devem encontrar alternativas que não prejudiquem os consumidores.

No caso das passagens áreas, o Governo Federal publicou Medida Provisória definindo prazo de doze meses para reembolso, há ainda possibilidade de reverter os valores em créditos isentos das penalidades contratuais.

Fonte: Assessoria de Imprensa

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no print
Imprimir

Sobre o autor

Equipe Tupãense Notícias

Equipe Tupãense Notícias

O portal Tupãense reúne os melhores produtores de conteúdo da região para fornecer a você notícias de alta qualidade.

Mais notícias

Últimas notícias

Últimas notícias

Últimas notícias

Últimas notícias

Proibida a reprodução total ou parcial.Para licenciar este conteúdo e reproduzi-lo entre em contato com nossa equipe comercial.