Mulheres são flagradas ao tentar entrar com drogas na penitenciária de Marília

Scanner da unidade prisional flagrou acusadas com porções de maconha escondidas na genitália

A aposentada L. B. de O., de 60 anos, e a estudante S. C. S., de 20 anos, foram presas após serem flagradas por agentes penitenciários ao tentar ingressar com porções de maconha escondidas na genitália, na penitenciária de Marília na manhã de domingo (27).

O primeiro flagrante ocorreu por volta das 10 horas, a estudante visitava o companheiro T. V. F. e ao passar pelo scanner foi identificado algo suspeito na genitália.

S. foi levada até uma sala e removeu da vagina um invólucro plástico com maconha (63 gramas).

Na sequência, por volta das 11 horas, a aposentada tentou ingressar na penitenciária para visitar o filho B. B. S., mas também foi barrada pelo equipamento.

A idosa foi levada até o pronto-socorro do Hospital das Clínicas (HC), onde foi removido da vagina um invólucro de maconha (73 gramas).

A aposentada e a estudante foram indiciadas em flagrante pelo crime de tráfico de entorpecentes e recolhidas para a penitenciária feminina de Pirajuí. Se condenadas, elas podem pegar uma pena de até 15 anos de prisão em regime fechado.

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no print
Imprimir

Sobre o autor

Equipe Tupãense Notícias

Equipe Tupãense Notícias

O portal Tupãense reúne os melhores produtores de conteúdo da região para fornecer a você notícias de alta qualidade.

Mais notícias

Últimas notícias

Últimas notícias

Últimas notícias

Últimas notícias

Proibida a reprodução total ou parcial.Para licenciar este conteúdo e reproduzi-lo entre em contato com nossa equipe comercial.