Tupã aguarda envio de vacina pentavalente

Previsão é que a distribuição seja normalizada até novembro.

O fornecimento da vacina pentavalente, que protege contra difteria, tétano, coqueluche, hepatite B e hemófilo B, foi interrompido pelo Ministério da Saúde.  A falta da distribuição do imunizante atingiu o município de Tupã, que está sem estoque da vacina.

O Ministério da Saúde justificou, por meio de comunicado oficial, que a vacina utilizada no país era produzida pela empresa indiana Biological, que reprovou nos testes de controle das entidades brasileiras.

De acordo com o órgão, três lotes da vacina foram reprovadas pelo Instituto Nacional de Qualidade em Saúde (INCQS). Por conta disso, em junho, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA) cancelou a importação do produto, o que levou à interrupção do envio para os municípios.

A enfermeira do setor de Vigilância em Saúde, Joselaine Pio Rocha, salientou que a disponibilidade da vacina está baixa em todo os estados do país desde o mês de julho, porém diferente de algumas cidades da região, o município conseguiu controlar o estoque até o começo de setembro.

“Diversos municípios da nossa região estão sem o estoque da vacina já há alguns meses. Apesar de pessoas de outras localidades terem vindo ao município para tomar a dose, conseguimos segurar o estoque até o começo deste mês. A previsão é que até novembro a situação normalize”, concluiu.

Fonte: Assessoria de Imprensa

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no print
Imprimir

Sobre o autor

Equipe Tupãense Notícias

Equipe Tupãense Notícias

O portal Tupãense reúne os melhores produtores de conteúdo da região para fornecer a você notícias de alta qualidade.

Mais notícias

Últimas notícias

Últimas notícias

Últimas notícias

Últimas notícias

Proibida a reprodução total ou parcial. Para licenciar este conteúdo e reproduzi-lo entre em contato com nossa equipe comercial.