Motorista que causou grave acidente ontem é preso em flagrante

C. C. da S., condutor que atropelou as jovens meninas na data de ontem (15) teve após realização de exame clínico, resultado comprovado positivo para embriaguez e foi preso em flagrante delito pelo crime de dirigir sobre efeito de álcool, no momento do acidente ele se recusou a realizar o teste do bafômetro.

Uma das crianças, de 4 anos de idade, encontra-se em estado gravíssimo devido aos ferimentos decorrentes do atropelamento e foi transferida para atendimento em Marília. Ela teve um trauma torácico grave, diversas fraturas e uma lesão na cabeça.

Lei

Dirigir embriagado é classificado como infração gravíssima, com instauração de processo administrativo para a suspensão da Carteira Nacional de Habilitação (CNH) por 12 meses, além de multa no valor de R$ 2.934,70.

Se houver reincidência no período de um ano, o valor é dobrado e a CNH é cassada.

Os efeitos do álcool no corpo humano são duradouros. Segundo a Associação Brasileira de Medicina de Tráfego (Abramet), um copo de cerveja, por exemplo, demora cerca de seis horas para ser eliminado pelo organismo. As variáveis fisiológicas, como idade, gênero e condições físicas, também podem  interferir  no tempo que o álcool permanece no corpo.

Bafômetro

A recusa do teste do bafômetro constitui infração. A embriaguez ao volante também pode ser constatada pelo policial, observando a capacidade psicomotora do condutor como, por exemplo, o andar cambaleante, olhos vermelhos, hálito etílico e fala desconexa. Se no teste de embriaguez, o etilômetro marcar mais que 0,33 mg/l, o condutor será conduzido à Delegacia.

Punição

Desde abril de 2018, as penalidades ficaram mais rígidas para condutores embriagados que causam morte ou lesão corporal grave ou gravíssima na direção de veículo automotor. Nesses casos é aplicada a pena de reclusão que pode levar de cinco a oito anos. Isso significa que o condutor será conduzido à presença da Autoridade Policial e não terá mais direito a pagar fiança na delegacia para ser liberado, ficando a disposição da Justiça, além de pagar a multa e ter a CNH suspensa.

imagem: G1
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no email
Email
Compartilhar no print
Imprimir

Sobre o autor

Equipe Tupãense Notícias

Equipe Tupãense Notícias

O portal Tupãense reúne os melhores produtores de conteúdo da região para fornecer a você notícias de alta qualidade.

Mais notícias

Últimas notícias

Últimas notícias

Últimas notícias

Últimas notícias

Proibida a reprodução total ou parcial. Para licenciar este conteúdo e reproduzi-lo entre em contato com nossa equipe comercial.