Pesquisar
Close this search box.

Melhor Caminho entra na fase final na estrada Sete de Setembro

Recolocação de cercas só pode ser feita após conclusão das obras e fiscalização do governo estadual

O Programa Melhor Caminho que está sendo executado numa extensão de 6 km da TUP-344, conhecida como estrada “Sete de Setembro” entra na fase final. A próxima etapa é a colocação das pedras brita para finalizar com a compactação.

Após essa etapa, técnicos da Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo devem vir ao município para fiscalizar os serviços. Depois dessa vistoria é que a prefeitura fica autorizada a recolocar as cercas das propriedades.

Os pontos críticos da estrada tiveram grande movimentação do leito, serviços de manutenção e adequação das saídas de água das curvas de nível. O leito também fica mais largo, com até 10 metros em alguns trechos.

As melhorias estão sendo executadas por empresa contratada pelo governo estadual com acompanhamento da LBR Engenhariae, objetiva, permitir tráfego de veículos mesmo em período de muita chuva.

SEM CUSTO

Os proprietários rurais não vão desembolsar nenhum recurso seja com a retirada e reposição da cerca, nem perdem qualquer centímetro de área.

A estrada também permite acesso ao distrito de Universo, Balneário do Sete, aterro de galhos do bairro Dom Quixote e aos municípios de Iacri e Rinópolis.

“Toda obra causa um certo transtorno, mas de outra forma não há como executar os trabalhos que vão melhorar o tráfego no local, principalmente em pontos que ficavam intransitáveis em períodos de muita chuva. O Melhor Caminho contempla até 1 km após a Represa do 7. Então peço a compreensão dos proprietários rurais até a fiscalização dos técnicos para que possamos restabelecer as cercas das propriedades”, solicitou o secretário de Agricultura, Anderson Luiz Pereira.

“SANTA ESTELA”

Outra estrada que também deverá receber melhorias do Programa Melhor Caminho, em 6 km de pontos críticos é a TUP-355, conhecida como “Santa Estela”.  

Sobre o assunto o prefeito Caio Aoqui e o secretário estiveram recentemente em São Paulo discutindo questões técnicas na Secretaria de Agricultura e Abastecimento do governo estadual.

Os proprietários de chácaras e sítios que margeiam a estrada devem assinar o Termo de Anuência, concordando com as normas do programa Melhor Caminho.

Depois de cumpridas todas essas etapas, incluindo levantamento arbóreo autorizado pela Companhia Ambiental do Estado de São Paulo (CETESB), que dispõe, sobre licenciamento ambiental de intervenções destinadas à conservação e melhorias de estradas e, a retirada das cercas, é que de fato começa a movimentação de terra no local. A execução da obra é feita 100% pelo governo do estado.

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Email
Imprimir

Sobre o autor

Picture of Equipe Tupãense Notícias

Equipe Tupãense Notícias

O portal Tupãense reúne os melhores produtores de conteúdo da região para fornecer a você notícias de alta qualidade.

Últimas notícias

Últimas notícias

Últimas notícias

Últimas notícias

Proibida a reprodução total ou parcial.

Para licenciar este conteúdo e reproduzi-lo
entre em contato com nossa equipe comercial.