Pesquisar
Close this search box.

Herculândia: Homem é multado em R$ 2 mil por capturar e manter pássaros silvestres em gaiolas

Neste domingo (13), a Polícia Militar Ambiental realizou uma operação conjunta denominada “Operação Impacto” e “Operação Inverno” no município de Herculândia e em outros municípios da região.

O propósito dessas ações é combater a caça ilegal. Durante o patrulhamento de uma estrada de servidão de uma estância, os policiais identificaram uma gaiola contendo um pássaro da espécie coleirinho-papa-capim, que não possuía a devida anilha de identificação.

O dono da propriedade se apresentou como responsável pelo pássaro e admitiu tê-lo capturado recentemente na área. Continuando a inspeção, os policiais encontraram mais três gaiolas em viveiros de mudas de coco.

Essas gaiolas continham dois canários-da-terra e um pássaro da espécie papa-capim, todos pertencentes à mesma pessoa.


Foi emitido um Auto de Infração Ambiental no valor de R$ 2.000,00, conforme o Artigo 25, Parágrafo 3°, Inciso III da Instrução Normativa SIMA n° 05/2021, que aborda a manutenção de espécimes em cativeiro sem a autorização apropriada.

As aves foram reintroduzidas em seu habitat natural, uma vez que estavam em boas condições de saúde e exibiam comportamento selvagem, enquanto as gaiolas foram destruídas de acordo com o procedimento padrão.

A ocorrência será oficialmente comunicada ao Delegado de Polícia de Herculândia por meio de um ofício, a fim de dar seguimento às medidas legais necessárias.

É crucial lembrar que a preservação da fauna é essencial para o equilíbrio dos ecossistemas, e ações como essa contribuem para a proteção da biodiversidade local.

Ocorrência registrada pelos Policiais Cabo Padovesi e Glaucimir.

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Email
Imprimir

Sobre o autor

Picture of Equipe Tupãense Notícias

Equipe Tupãense Notícias

O portal Tupãense reúne os melhores produtores de conteúdo da região para fornecer a você notícias de alta qualidade.

Últimas notícias

Últimas notícias

Últimas notícias

Últimas notícias

Proibida a reprodução total ou parcial.

Para licenciar este conteúdo e reproduzi-lo
entre em contato com nossa equipe comercial.