Prefeitura e forças de segurança anunciam novas medidas de proteção no ambiente escolar

Para proporcionar mais tranquilidade aos pais, alunos, professores e funcionários, a Prefeitura da Estância Turística de Tupã, com o apoio da Polícia Militar, da Polícia Civil e do Poder Legislativo, anunciou a intensificação de ações de proteção no ambiente escolar.

As orientações à população foram apresentadas durante coletiva de imprensa nesta quarta-feira, dia 12, no Teatro Municipal “José Antônio Parra Gomes”. Participaram da coletiva o prefeito Caio Aoqui; o secretário municipal de Educação, Cultura e Esportes, professor Valdir Berti; o secretário municipal de Assuntos Jurídicos, Dr. João José Pinto – “JJ”; o major da Polícia Militar André Luiz Collado; o 1º tenente da Polícia Militar Rogério Lisboa; e o delegado da Polícia Civil, Dr. Nelson Boaretti.

O presidente da Câmara Municipal Marcos Gasparetto e os vereadores Antônio Brito, Alexandre Scombatti, Eduardo Alexandre Sanchez (Du do Serv Fest), Israel Velloso (Tutu) e Lucas Hatano também estiveram presentes na coletiva de imprensa.

O ataque ocorrido, no dia 5 de abril, numa creche em Blumenau (Santa Catarina), deixou toda a sociedade preocupada com a segurança nas escolas no Brasil. Outro fator que tem potencializado o clima de insegurança entre os pais e os alunos é o compartilhamento de conteúdo em redes e mídias sociais, sobre supostas ameaças de ataques nos próximos dias. Muitos têm deixado de enviar seus filhos à escola com medo de novos ataques.

Durante a coletiva de imprensa, o prefeito Caio Aoqui anunciou novas medidas para melhorar o monitoramento das câmeras em todas as nossas 11 escolas e 9 creches, além de 4 núcleos de Tempo Integral.

 “Hoje, 100% das escolas de ensino municipal, creches e núcleos educacionais já contam com câmeras de segurança integradas à Central de Monitoramento instalada no Paço Municipal. Agora, teremos a contração de profissionais para acompanhar em tempo real, as imagens nos ambientes educacionais. Teremos seis novos profissionais observando apenas as câmeras nas escolas, creches e núcleos educacionais”, informou.

Já o secretário municipal de Educação, Cultura e Esportes, professor Valdir Berti, informou que já está acontecendo a instalação de vídeo/porteiro com câmera no interfone em locais onde não é possível visualizar quem está chegando e a instalação de fechaduras eletrônicas por meio de interfone.

“Estamos também automatizando todos os portões nas escolas para que eles possam ser acionados e abertos somente por meio da identificação das pessoas. As câmeras de segurança estão focadas, principalmente, no setor de entrada nos nossos portões e no setor de trajeto até a secretaria, direção ou nos locais onde estão nossos alunos”, disse.

Na coletiva, o delegado da Polícia Civil, Dr. Nelson Boaretti, explicou que o trabalho está voltado a investigação de ameaças em ambientes escolares.

“Estamos trabalhando na apuração das denúncias e na identificação de autores de ameaças ou de pessoas que espalham boatos que têm deixado os pais e os alunos com medo”, disse.

O delegado informou que a pessoa que fez a postagem envolvendo um suposto ataque na Escola Estadual Luiz de Souza Leão foi identificada.

“Estivemos na casa dela e identificamos essa pessoa como um adolescente que simplesmente estava fazendo uma brincadeira para que não houvesse a aula no dia 20 de abril para aproveitar o feriado do dia 21. Estamos trabalhando para verificar toda e qualquer denúncia e esse adolescente será responsabilizado pelo ato que praticou”, disse.

A Polícia Militar tem reforçado o patrulhamento em todas as escolas do município.

“Estamos intensificando a presença dos policiais nas unidades de ensino durante o patrulhamento de rotina. Nossa intenção é trazer mais tranquilidade e trabalhar a prevenção”, disse o major da Polícia Militar André Luiz Collado.

Segundo o major André, os pais e familiares de alunos, em caso de suspeitas e dúvidas, devem procurar a escola de seu filho ou os canais de segurança pública e não compartilhar informações falsas, boatos ou fake news que possam prejudicar o ambiente escolar.

O presidente da Câmara Municipal, Marcos Gasparetto, elogiou a iniciativa do Poder Executivo e do Poder Legislativo em orientar a população em meio ao cenário envolvendo ameaças e notícias falsas.

“Nós, que fazemos parte da Câmara Municipal, estamos conversando com o prefeito para discutir ações que visam reestabelecer a tranquilidade em Tupã”, disse.

Com a união desta força tarefa na proteção dos ambientes escolares, o prefeito Caio Aoqui pede a colaboração dos pais e dos alunos.

“Vamos nos unir para reestabelecer o clima de tranquilidade e deixar o ambiente nas escolas, creches e núcleos mais seguro. Graças a Deus não tivemos nenhuma ocorrência em Tupã”, disse.

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Email
Imprimir

Sobre o autor

Equipe Tupãense Notícias

Equipe Tupãense Notícias

O portal Tupãense reúne os melhores produtores de conteúdo da região para fornecer a você notícias de alta qualidade.

Últimas notícias

Últimas notícias

Últimas notícias

Últimas notícias

Proibida a reprodução total ou parcial.

Para licenciar este conteúdo e reproduzi-lo
entre em contato com nossa equipe comercial.