Pesquisar
Close this search box.

Leia na íntegra a Nota Oficial sobre o caso: Polícia de Tupã aborta plano de ataque em escola na cidade. Adolescente foi rastreada pelo serviço de inteligência americano

NOTA DE ESCLARECIMENTO – Clique aqui e leia a matéria publicada pelo Tupãense Notícia ontem 14/03

A DIG de TUPÃ, por intermédio de sua Delegada de Polícia Titular Milena Davoli Nabas de Melo, esclarece que na sexta feira dia 10/03, foi contatada pelo Delegado de Polícia Dr. Carlos Afonso Gonçalves da Silva, da divisão de crimes cibernéticos do Deic de São Paulo, solicitando apoio da DIG para a realização de uma diligência a ser cumprida em TUPÃ.

O Delegado informou que a agência americana de inteligência HSI (Homeland Security Investigation) havia detectado conversas travadas através de redes sociais nas quais os usuários da rede social Instagram planejavam ataques armados a escolas, em comemoração ao massacre ocorrido na cidade de Suzano, fato que ocorreu em 13/03/2019.

Em razão da urgência da medida, a equipe da DIG, de posse de Mandado de Busca Domiciliar expedido pela Vara da Infância de Tupã, procedeu a buscas na casa de uma adolescente, onde apreendeu celulares. A menor foi ouvida na companhia da mãe e alegou ser vítima de bullying na escola em que estuda, mas que teria demovido a ideia do ataque. A família foi devidamente orientada, assim como a adolescente.

 O procedimento criminal tramita pela delegacia do Deic.

Importante frisar que a atuação preventiva foi eficaz e que outras medidas estão sendo adotadas pela delegacia de origem. Informações especulativas acerca dos fatos não serão divulgadas a fim de que não se cause mais prejuízo à adolescente e sua família.

ORIENTAÇÃO

A Delegada sugere que os pais tenham acordado com os filhos que a condição para que façam uso livre da internet e redes sociais seja o compartilhamento das senhas de acesso para que os pais possam monitorar as atividades dos filhos.

A liberdade do mundo digital muitas vezes fica oculta da família, que pode ser pega de surpresa.

Outra orientação é a de que, ao menor sinal de violência, tal qual o Bullying, a família se posicione e exija das instituições responsáveis (escola, conselho tutelar, polícia, ministério público) uma situação efetiva de combate, pois os danos psicológicos podem ser imensuráveis.

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Email
Imprimir

Sobre o autor

Picture of Equipe Tupãense Notícias

Equipe Tupãense Notícias

O portal Tupãense reúne os melhores produtores de conteúdo da região para fornecer a você notícias de alta qualidade.

Últimas notícias

Últimas notícias

Últimas notícias

Últimas notícias

Proibida a reprodução total ou parcial.

Para licenciar este conteúdo e reproduzi-lo
entre em contato com nossa equipe comercial.