Pesquisar
Close this search box.

Novas ações de intensificação no combate à dengue em Tupã

Imóveis serão vistoriados durante todos os sábados do mês de março

A fim de fortalecer o combate ao mosquito Aedes aegypti, os Agentes Comunitários de Saúde (ACS) e os Agentes de Combate às Endemias (ACE) irão vistoriar os imóveis do município também aos sábados. A ação começou no último dia 4 e será realizada durante todo o mês de março para intensificar os trabalhos de combate à dengue.

Além de eliminar os possíveis criadouros do mosquito, as vistorias realizadas pelos agentes orientam a população sobre os cuidados que devem ser adotados diariamente para evitar acidentes com escorpiões dentro de casa.

O prefeito Caio Aoqui explica que as ações de promoção e prevenção de saúde estão sendo desenvolvidas desde o início do ano. No mês de fevereiro, a Prefeitura de Tupã realizou o Mutirão da Limpeza para fazer o recolhimento de materiais inservíveis, a roçada de guias, sarjetas, terrenos e espaços públicos, e também a nebulização de larvicida.

“Essa intensificação está sendo realizada desde o começo do ano com o Mutirão da Limpeza e, agora, teremos mais uma ação de cobertura integral da cidade. Sabemos que estamos enfrentando o maior período de chuvas do início de ano e precisamos intensificar todos os trabalhos, pois esse ambiente fica propício para a proliferação do mosquito”, disse o prefeito.

De acordo com o diretor do Departamento de Entomologia e Endemias, Marco Antônio de Barros, as chuvas dificultam os trabalhos dos agentes, que ficam impossibilitados de realizar as vistorias em dias de precipitação. Por isso, é fundamental o fortalecimento deste trabalho e a colaboração dos moradores quando receberem os profissionais em suas residências.

“São quatro sábados de intensificação do trabalho. O morador pode colaborar, abra seu quintal, é o servidor que vai estar te ajudando a fazer a eliminação dos criadouros. Temos que cortar um ciclo de transmissão para poder estar evitando que daqui pra frente nasçam novas fêmeas do Aedes aegypti”, contou o diretor.

As ações desenvolvidas neste início de ano estão contribuindo para que o município consiga manter controlado o número de casos de dengue, como afirma o secretário municipal de Saúde, dr. Miguel Ângelo de Marchi, que comparou a situação de Tupã com a de outras cidades da região.

“Com o Mutirão da Limpeza que tivemos há pouco tempo, mantivemos em torno de 230 casos de dengue até agora. Estávamos esperando uns 600 ou 700, pois temos cidades próximas com mais de 800 casos e são menores que o nosso município. Esses números revelam a importância dos trabalhos de promoção e prevenção de saúde que estamos desenvolvendo”, revelou o secretário.

O presidente da Câmara Municipal, Marcos Gasparetto, e o vereador Eduardo Shigueru, acompanharam o primeiro sábado de intensificação das ações. O líder do legislativo tupãense reforçou o apoio da Casa de Leis aos trabalhos desenvolvidos no combate à dengue e parabenizou os agentes.

“Esses agentes são importantes para a cidade. Há quatro anos tivemos um problema muito grande e, agora, estamos tranquilos por causa do trabalho desses profissionais da prefeitura. Quero parabenizar o prefeito Caio Aoqui pelo projeto e incentivo que está dando a esses profissionais da Secretária de Saúde”, disse Gasparetto.

Lei Complementar nº 446

Para que as ações de intensificação no combate à dengue fossem realizadas aos sábados, a Prefeitura de Tupã precisou do apoio da Câmara Municipal, que aprovou na última sessão, realizada em 27 de fevereiro, o Projeto de Lei Complementar nº 446, de 1º de março de 2023, que cria e regulamenta, no âmbito do município, o Programa de Ações Intensivas de Controle Endêmico e Atenção Social.

De autoria do prefeito Caio Aoqui, o projeto estabelece a contraprestação de serviço dos agentes de endemias, para que eles possam receber um bônus pelos relevantes serviços prestados nestes quatro sábados de março.

Foram visitados 2.989 imóveis no primeiro dia de programa e a ação de combate à dengue encontrou 41 imóveis com criadouros do Aedes aegypti

No sábado (4) foram visitados 2.989 imóveis, dos quais 1.932 foram vistoriados. Os agentes encontraram 41 residências com criadouros do mosquito Aedes aegypti e 97 recipientes com larvas.

No primeiro dia de trabalho, foram vistoriados imóveis nos bairros Tupã Mirim, Vila Marajoara, Parque Irajá, Bela Vista, Cohab III, Jardim Ideal, Vila Formosa e parte do Parque Ibirapuera.

Na próxima ação, que ocorrerá no sábado, 11 de março, as equipes visitarão o Parque Ibirapuera, Parque Aliança, Parque Kennedy, Jardim Aritana, Jardim Apoema, Jardim Itaipu e Alto Sumaré. Serão 7 equipes compostas por 75 agentes comunitários e 7 supervisores.

Óbito suspeito por dengue é negativado

O Departamento de Entomologia e Endemias da Secretaria Municipal de Saúde informa que um dos casos suspeitos de óbito por dengue foi negativado.

De acordo com as informações o Instituto Adolpho Lutz central enviou resultado negativo para dengue, referente ao óbito de um jovem de 18 anos.

Portanto, atualmente existe apenas 1 óbito suspeito, em avaliação pelo mesmo instituto.

Ainda segundo o Departamento de Entomologia e Endemias, na semana que abrange de 27 de fevereiro a 05 de março foram confirmados 62 casos positivos de dengue.

Do início do ano até esta segunda-feira (06), foram notificados 571 casos suspeitos, sendo 241 positivos.

Eliminação de criadouros

Os proprietários poderão contribuir no combate ao mosquito realizando um pente fino semanal de 10 minutos em seus imóveis, eliminando água parada em recipientes, lavando frequentemente os bebedouros dos animais, pois são potenciais criadouros do Aedes aegypti.

Vale lembrar que os principais sintomas de dengue incluem febre alta acima de 38,5ºC, dores musculares intensas, dor ao movimentar os olhos, mal estar, falta de apetite, dor de cabeça e manchas vermelhas no corpo.

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Email
Imprimir

Sobre o autor

Picture of Equipe Tupãense Notícias

Equipe Tupãense Notícias

O portal Tupãense reúne os melhores produtores de conteúdo da região para fornecer a você notícias de alta qualidade.

Últimas notícias

Últimas notícias

Últimas notícias

Últimas notícias

Proibida a reprodução total ou parcial.

Para licenciar este conteúdo e reproduzi-lo
entre em contato com nossa equipe comercial.