Mais de 200 presos não retornam da ‘saidinha’ de fim de ano nas regiões de Bauru e Marília

Segundo a SAP, dos 4.935 beneficiados no último dia 23 de dezembro, 205 não retornaram até a última terça-feira (3) e são considerados foragidos; quando recapturados, eles retornarão ao regime fechado

Dos quase cinco mil presos das regiões de Bauru e Marília (SP) que foram liberados no último dia 23 de dezembro para a saída temporária de fim de ano, 205 não retornaram às unidades prisionais até a última terça-feira (3), prazo final para a reapresentação. O benefício conhecido como “saidinha” está previsto na lei de execução penal.

Segundo a Secretaria de Administração Penitenciária (SAP), os presos que não voltaram da “saidinha” passam a ser considerados foragidos da Justiça e perdem automaticamente o benefício do regime semiaberto. Por isso, quando recapturados, esses detentos voltarão ao regime fechado.

A maioria dos 4.935 beneficiados na região estava detida em uma das três unidades prisionais de Bauru, de onde saíram 4.292 presos. Da região de Marília, com duas unidades, foram liberados 643 presos.

Fonte G1

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Email
Imprimir

Sobre o autor

Equipe Tupãense Notícias

Equipe Tupãense Notícias

O portal Tupãense reúne os melhores produtores de conteúdo da região para fornecer a você notícias de alta qualidade.

Últimas notícias

Últimas notícias

Últimas notícias

Últimas notícias

Proibida a reprodução total ou parcial.

Para licenciar este conteúdo e reproduzi-lo
entre em contato com nossa equipe comercial.