Outubro já registra 7 casos confirmados e um óbito suspeito por dengue

Tupã registrou 3.026 casos de dengue neste ano, em outubro sete, e mais cinco suspeitos.

Um óbito também aguarda resultado.

A cidade sofreu com uma violenta epidemia da doença em 2022.

A Secretaria Municipal da Saúde recebeu o resultado de um isolamento viral do IAL Central, sendo confirmado dengue 1, apenas o vírus do tipo 1 circulou em Tupã neste ano.

São nos meses mais chuvosos, entre novembro e maio, que a doença tende a se espalhar com mais frequência.

Por isso, é importante evitar focos de água parada, porque os ovos do mosquito Aedes Aegypti podem sobreviver por um ano no ambiente.

Todas as faixas etárias são igualmente suscetíveis à doença, porém idosos e pessoas com doenças crônicas, como diabetes e hipertensão arterial, têm maior risco de evoluir para casos graves e outras complicações que podem levar à morte.

Os principais sintomas da dengue são: febre alta, acima de 38°C; dor no corpo e articulações; dor atrás dos olhos; mal-estar; falta de apetite; dor de cabeça e manchas vermelhas no corpo.

Óbito

O óbito suspeito de dengue aguarda resultado junto ao Instituto Adolfo Lutz Central, trata-se de um senhor de 96 anos de idade, que morava na Vila São José, zona leste da cidade que registra 1.496 casos confirmados.

Segundo a notificação, os sintomas tiveram o início no dia 3 deste mês; e no dia 5 o óbito foi registrado.

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Email
Imprimir

Sobre o autor

Equipe Tupãense Notícias

Equipe Tupãense Notícias

O portal Tupãense reúne os melhores produtores de conteúdo da região para fornecer a você notícias de alta qualidade.

Últimas notícias

Últimas notícias

Últimas notícias

Últimas notícias

Proibida a reprodução total ou parcial.

Para licenciar este conteúdo e reproduzi-lo
entre em contato com nossa equipe comercial.