Tupã promove Fórum de debates sobre alimentação infantil nesta sexta-feira (1)

Encontro do Tupã 2030 debaterá metas para reversão da obesidade e da subnutrição

Qual a Tupã que queremos ter daqui 10 anos? Partindo desta pergunta, a prefeitura realizará o II Fórum de debates tendo em vista metas para a implantação do “Tupã 2030: Programa de Promoção Integral e Sustentável da Saúde e Bem-Estar da Criança e do Adolescente”.

A ação aberta ao público, acontece nesta sexta-feira (1º/4), das 7h às 17h, no Kaikan (Rua Joaquim Abarca, 916). Na abertura, o prefeito Caio Aoqui; o vice-prefeito Renan Pontelli; e o Secretário de Educação, Cultura e Esporte, professor Valdir Berti, apresentarão a proposta do encontro.

“Visando reverter quadros de obesidade e de subnutrição, pretendemos planejar soluções de curto, médio e longo prazo, de temas como o aleitamento materno; promoção de atividades físicas; garantia de acesso, distribuição e produção de alimentos saudáveis. Ouvir os integrantes de cada um dos segmentos envolvidos é essencial para colocar o Programa em prática”, comentou professor Valdir.

Tópicos centrais para que Tupã seja uma cidade modelo em alimentação saudável serão divididos em mesas de discussão. Os participantes poderão sugerir ideias a cada ponto debatido, para que ao final os resultados sejam apresentados.

Conforme o prefeito Caio Aoqui, com as etapas para execução definidas e acordadas entre os parceiros, o município pode traçar estratégias de atuação e também de gestão de serviços públicos.

“Sabendo o que precisa ser feito mais rapidamente e o que demanda maior tempo de execução, ficamos mais seguros de ser possível tornar nossas crianças mais saudáveis em 10 anos. O diferencial desse programa é a mudança de comportamentos, pois nosso foco é o futuro”.

Tupã 2030

A Prefeitura de Tupã aceitou o desafio de tornar o município modelo para erradicação da má nutrição infantil. As Secretarias Municipais devem atuar em parceria com instituições e empresas, e com a colaboração da população.

A Implantação o programa tem como base um estudo feito na Universidade de Uppsala na Suécia, sendo adaptado pela Unesp (polos de Marília, Botucatu e Tupã), UEPB, e NK Sistemas. Para mudar os hábitos alimentares, há ainda aplicativo de celular ISIS (Inteligência Sustentável, Integral e Saudável) que auxilia as famílias no monitoramento da alimentação de crianças e adolescentes.

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Email
Imprimir

Sobre o autor

Equipe Tupãense Notícias

Equipe Tupãense Notícias

O portal Tupãense reúne os melhores produtores de conteúdo da região para fornecer a você notícias de alta qualidade.

Mais notícias

Últimas notícias

Últimas notícias

Últimas notícias

Últimas notícias

Proibida a reprodução total ou parcial.Para licenciar este conteúdo e reproduzi-lo entre em contato com nossa equipe comercial.